Banner Haras Regina Topo
04 Nov 2018 | 04:04:15

Accelerate e Enable, estrelas de uma Breeders’ Cup histórica

Segundo dia de disputas, em Churchill Downs, revelou feitos e personagens que fizeram da versão 2018 do festival norte-americano uma de suas mais emblemáticas edições.

Accelerate e Enable: estrelas da Breeders' Cup 2018.

Imagem: Rte.ie

As pouco mais de 70 mil pessoas que acompanharam o segundo dia de disputas da Breeders’ Cup 2018, no sábado (3), em Churchill Downs, contemplaram, de personagens e resultados, que marcaram, em definitivo, a história do maior festival turfístico norte-americano.

Ratificando sua condição de melhor arenático, dos Estados Unidos, na atualidade, Accelerate, 5 anos, filho de Lookin At Lucky e Issues (Awesome Again), de criação de Mike Abraham e propriedade de Hronis Racing LLC, conquistou a Breeders’ Cup Classic (gr.I), em 2.000m na pista de areia, para produtos de 3 e mais anos, com dotação de US$ 6 milhões.

Enquanto Mendelssohn puxava o train de corrida, Accelerate aguardava na quinta colocação. Joel Rosario começou a procurar pelo seu conduzido na cabeceira da última curva. Embalando, Accelerate avançou sobre os ponteiros, girando para a reta final praticamente emparelhado com Mendelssohn e mais McKinzie. Pelas balizas de dentro, era o irlandês Thunder Snow quem se aproximava.

Na hora da verdade, foi, justamente, Thunder Snow, quem colocou em xeque a vitória de Accelerate. Instigado por Joel Rosario, o alazão desvencilhou-se de Thunder Snow, após muita luta, quando faltavam 150 metros para o espelho. Gunnevera avançou para tomar a dupla de Thunder Snow, escoltando Accelerate por 1 corpo. Thunder Snow foi o terceiro e o japonês Yoshida (Street Cry) o quarto. Mendelssohn terminou em quinto. Estreando no dirt e cumprindo aquela que, provavelmente, tenha sido a última atuação de sua campanha, Roaring Lion foi o décimo quarto e último colocado – sem nunca ter animado.

Na primeira vitória do treinador John Sadler numa prova da Breeders’ Cup, Accelerate conquistou seu décimo êxito (o quinto de G1) em 22 saídas. Tempo de 2:02.93. Replay aqui.

Antes da conquista de Accelerate, porém, o público presente a Churchill Downs testemunhou aquele que talvez tenha sido o momento mais aguardado de todo o festival. A super craque Enable, 4 anos, filha de Nathaniel e Concetric (Sadler’s Wells), criada na Grã-Bretanha pela Juddmonte Farms, que também detém sua propriedade, estreou em solo norte-americano cercada de holofotes e expectativas, por ocasião da Breeders’ Cup Turf (gr.I), em 2.400m na grama, para produtos de 3 e mais anos, com dotação de US$ 4 milhões. Para delírio dos aficionados, ela não decepcionou.

Magican tentou, o quanto pode, evitar a histórica vitória de Enable. Prevaleceram, contudo, a classe da ganhadora e a categoria de Lanfranco Dettori. No disco, Enable sacou ¾ de corpo sobre a adversária, na primeira ponta e dupla de éguas da história da prova. Saddler’s Joy (Kitten’s Joy) ficou com o terceiro posto. O brasileiro Quarteto de Cordas (por Rock of Gibraltar, de criação de Beverly Hills Syud), sempre correndo solicitado e distante do pelotão, ganhou algumas posições para finalizar em nono.

Treinada na Grã-Bretanha por John Gosden, Enable passa a contar com 10 primeiros lugares em 11 corridas. Primeiro animal a vencer o Prix l’Arc de Triomphe (gr.I) e a BC Turf em sequência, Enable percorreu a distância em 2.32.65. Replay aqui.

Não foi apenas à base de Accelerate e Enable, porém, que o meeting norte-americano alicerçou suas emoções. O treinador Peter Mille conquistou o inédito feito de vencer, pelo segundo ano consecutivo , as duas principais provas de velocidade do festival – a Breeders’ Cup Sprint (gr.I) com Roy H (Replay aqui) e a Breeders’ Cup Sprint (gr.I) com Stormy Liberal (Replay aqui).

Monomoy Girl, a exemplo do que havia feito em maio, por ocasião do Kentucky Oaks (gr.I), flutuou pela pista de Churchill Downs, como se em casa estivesse. Venceu, nessa toada, a Breeders’ Cup Distaff (gr.I). Replay aqui.

Expert Eye tornou a data ainda mais especial para a Juddmonte Farms ao conquistar a Breeders’ Cup Mile (gr.I). Replay aqui. Na prova correspondente, destinada aos machos, vitória firme de City of Light na Breeders’ Cup Dirt Mile (gr.I). Replay aqui.

A irlandesa Sistercharlie deixou a favorita Wild Illusion para trás na Breeders’ Cup Filly & Mare Turf (gr.I), noutro fim de semana, dos melhores, para Chad Brown. Replay aqui.

E numa das chegadas mais emocionantes do fim de semana, Shamrock Rose – uma neta de Ellusive Quality – levou a melhor na Breeders’ Cup Filly & Mare Sprint (gr.I). Replay aqui.

Mais notícias

Accelerate reina soberano no revés de Arrogate

Astro do turfe norte-americano amargou a quarta colocação do San Diego Handicap (gr.II), em Del Mar. Na mesma reunião, brasileira Khaleesi ficou próxima da primeira vitória.

Ler na íntegra

Europa: reaparecimento vitorioso de Caravaggio e G1 de Ribchester foram os destaques

Provas disputadas entre Inglaterra e Irlanda estiveram em voga no fim de semana do turfe europeu

Ler na íntegra

Loophole vence a Prova Especial Odysseus

Filho de Pioneering pertence a Giovanni Giuseppe Pompeu Magi.

Ler na íntegra