Banner Haras Regina Topo
08 Nov 2018 | 21:10:50

Acelerador acerta o passo para a Pegasus Brasil

Defensor do Stud AML foi o vencedor do melhor páreo do dia, em Curitiba.

Acelerador recebeu boa condução de A.A. Santos.

Imagem: Transmissão/Divulgação JCP

Disputada nesta quinta-feira (8), em Curitiba, uma prova extraordinária, destinada a produtos de 3 anos, em 1.300m na pista de areia (macia), marcou a preparatória da Pegasus Brasil, que será disputada no próximo dia 2 de dezembro, no Tarumã, e distribuirá mais de R$ 100 mil em prêmios (clique aqui e saiba mais). Vitória de Acelerador, filho de Trinniberg e Run Jolie Run (Ghadeer), de criação do Haras Ponta Porã e propriedade do Stud AML.

Reaparecendo, o ganhador graduado, em São Paulo, Slam of Cat (Discreet Cat) saiu dos boxes em briga com Lyon do Iguassu (Tiger Heart). Enquanto isso, Adriano Alves dos Santos mantinha Acelerador em terceiro, espiando a briga. A parelha composta por Alphorn (Trinniberg) e Aventureiro (Trinniberg) acionava nas posições subsequentes.

Na reta final, Slam of Cat não encontrou dificuldades para se desvencilhar de Lyon do iguassu. Por outro lado, teve de se ver com os avanços de Acelerador. Com melhor ação, Acelerador dominou Slam of Cat nos últimos 200 e manteve a vantagem até o disco.

Apesar das tentativas de reação, Slam of Cat (não corria desde maio) formou a dupla a 1 corpo e ½. Alphorn foi o terceiro e Aventureiro (Trinniberg) o quarto. Depois, Lyon do Iguassu.

Treinado por Luiz Roberto Feltran, Acelerador obteve a segunda vitória em 4 saídas. Tempo de 1:21.80.

Mais notícias

Debaixo de chuva, American Bull vence o Clássico São Francisco Xavier (L)

Defensor de Ricardo Correa levou a melhor na prova central da noturna.

Ler na íntegra

Peron: o novo recordista de Porto Alegre

Defensor de Telmo Nunes Estrella venceu o Clássico Presidente Cneu Aranha em tempo recorde para os 1.100 metros na areia.

Ler na íntegra

Schweinsteiger vai até a Gávea e levanta prova de G3

Alazão do Haras Rio Iguassu prevaleceu no GP Hipódromo da Gávea (gr.III).

Ler na íntegra