Banner Haras Regina Topo
08 jul 2018 | 15:12:41

Cléo do Jaguarete supera Ziska Blade no quilômetro de Cidade Jardim

Filha de Adriano, pertencente ao Stud Jaguarete, conquistou a Prova Especial Polícia Militar do Estado de São Paulo.

Cléo do Jaguarete levou a melhor no mano a mano travado com Ziska Blade.

Imagem: Marília Lemos

Disputada neste domingo (8), no Jockey Club de São Paulo, a Prova Especial Polícia Militar do Estado de São Paulo, em 1.000m na pista de grama (leve), para éguas de 3 e mais anos, foi vencida por Cléo do Jaguarete, 4 anos, filha de Adriano e La Gatita (Public Purse), de criação e propriedade do Stud Jaguarete.

Após um mano a mano que perdurou desde a largada até os metros decisivos, Cléo do Jaguarete sacou pescoço de vantagem sobre Ziska Blade (Blade Prospector), que não deu tréguas à ganhadora em momento algum do percurso. Cléo do Jaguarete foi conduzida por André Luis Silva.

Jasmim Smell (Peintre Celebre) finalizou em terceiro (4 e ¼) e Girl Parisiense (Eyeofthetiger) ficou com a quarta posição (4 e ¾).

Treinada por Mário André, Cléo do Jaguarete obteve a quarta vitória em 14 saídas. Vencedora das Provas Especiais Eleutério Prado e Revless, Cléo do Jaguarete parou os relógios na marca de 54.32, com finais de 22.38 e 11.61.

 

Mais notícias

Especial Leilão da Criação Nacional: Stud Chesapeake

Localizado em Tijucas do Sul/PR, o Stud Chesapeake opera há 15 anos Imagem: Luiz Melão Nas próximas semanas os leitores do site da ABCPCC/Stud Book Brasileiro conhecerão um pouco mais sobre os criadores que participarão do Leilão da Criação Nacional 2017. Uma série de reportagens especiais, contando um bocado da história de cada inscritor no turfe, será apresentada até a... [continua ]

Ler na íntegra

Amada Alada faz as pazes com o disco em Porto Alegre

Clássico Presidente Naio Lopes de Almeida marcou a principal prova do dia na capital gaúcha

Ler na íntegra

Jockey Club do Rio Grande do Sul anuncia pagamentos de prêmios

Cronograma de pagamentos terá início no dia 26 de novembro.

Ler na íntegra