Banner Haras Regina Topo
02 nov 2018 | 10:41:33

Com 13 provas de G1, festival da Breeders’ Cup terá início nesta sexta-feira

Churchill Downs voltará a sediar evento após 7 anos.

Com 13 provas de G1, prêmios milionários e alguns dos melhores animais do mundo, festival da Breeders' Cup é atração no fim de semana.

Imagem: Churchill Downs

Principal festival do turfe norte-americano, a Breeders’ Cup terá início nesta sexta-feira (2), com as disputas encerrando-se amanhã (3). Ao todo, 13 provas de G1 compõem a programação que, após 7 anos, retorna a um de seus endereços mais tradicionais: Churchill Downs.

Para a jornada inaugural, de logo mais, a organização do meeting designou as provas destinadas à geração 2016, como sendo as principais atrações. A Breeders’ Cup Juvenile (gr.I) e a Breeders’ Cup Juvenile Fillies (gr.I), ambas com US$ 2 milhões de bolsa e respectivamente destinadas a machos e fêmeas, serão disputadas na distância dos 1.700m na areia. Já a Breeders’ Cup Juvenile Turf (gr.I) e a Breeders’ Cup Juvenile Fillies Turf (gr.I) – também em ordem respectiva para potros e potrancas – pagarão US$ 1 milhão em premiações e serão corridas na distância dos 1.700 metros em pista de grama.

Também na sexta-feira será disputada, pela primeira vez, a mais nova prova componente do festival. Reservada a produtos de 2 anos, Breeders’ Cup Juvenile Turf Sprint (L) distribuirá US$ 1 milhão em prêmios, na distância dos 1.200 metros em pista de grama.

No sábado, as emoções tornam-se mais intensas à medida que as principais provas do festival ganharão a raia de Louisville. Com uma bolsa de US$ 6 milhões, a Breeders’ Cup Classic (gr.I), em 2.000m na areia, para produtos de 3 e mais anos, colocará, frente a frente, os melhores nomes do dirt norte-americano, a exemplo de Accelerate, McKinzie e West Coast, além de receber as ilustres visitas europeias de Thunder Snow e Roaring Lion (este, em que pese o nascimento norte-americano, desenvolveu campanha e é treinado em solo britânico).

Muito se comenta, contudo, que em 2018 a prova mais aguardada de toda a jornada corresponde à Breeders’ Cup Turf (gr.I), em 2.400m na grama, para produtos de 3 e mais anos, e dotação de US$ 4 milhões. Isso porque o páreo servirá de palco para a primeira exibição, fora de solo europeu, da campeã Enable, que vem de conquistar, pela segunda vez, o Prix l’Arc de Triomphe (gr.I).

Além da comoção geral provocada pela presença de Enable, os sul americanos, de modo especial, aguardam pela prova. Pela primeira vez, haverá representantes de 3 países distintos, da América do Sul, competindo na BC Turf. Além do argentino Hi Happy (de conexões brasileiras por parte do Haras La Providencia) e do chileno Robert Bruce, ambos idolatrados em seus países de origem, e já ganhadores de G1 nos Estados Unidos, cumprirá sua estreia, no exterior, Quarteto de Cordas. Nunca antes um PSI criado no Brasil competiu nesse páreo.

A representação sul americana igualmente se apresenta reforçada na Breeders’ Cup Distaff (gr.I), em 1.800m na areia, para éguas de 3 e mais anos, e bolsa de US$ 2 milhões. Tanto as argentinas Blue Prize e Vale Dori quanto a chilena Wow Prize vêm de vencer provas de G1, e não à toa figuram dentre os nomes mais cotados à vitória. Outra prova que receberá um competidor sul americano é a Breeders’ Cup Filly & Mare Turf (gr.I), em 2.200m na grama, para éguas de 3 e mais anos, e prêmios de US$ 2 milhões. Nela atuará a argentina – de campanha desenvolvida no Peru – Smart Choice, que estreará nos Estados Unidos, a exemplo de Quarteto de Cordas, após classificar-se pelo programa Win And You’re In.

Além dos páreos acima, o “dia D” da Breeders’ Cup reserva lugar para as seguintes disputas: Breeders’ Cup Sprint (gr.I, 1.200m/areia, US$ 2 milhões), Breeders’ Cup Mile (gr.I, 1.600m/grama, US$ 2 milhões), Breeders’ Cup Dirt Mile (gr.I, 1.600m/areia, US$ 1 milhão), Breeders’ Cup Turf Sprint (gr.I, 1.100m/grama, US$ 1 milhão) e Breeders’ Cup Filly & Mare Turf Sprint (gr.I, 1.400/areia, US$ 1 milhão).

Mais notícias

Giro internacional: da velocidade ao fundo, predomínio da Coolmore

U S Navy Flag e Kew Gardens conquistaram, respectivamente, a July Cup (gr.I) e o Grand Prix de Paris (gr.I), rendendo à gigante irlandesa as duas principais provas do turfe internacional, no fim de semana.

Ler na íntegra

Geração 2015: na virada da idade, brilham os reprodutores nacionais

Provas graduadas disputadas por produtos da geração 2015 (com recém 3 anos completos), no eixo Rio-São Paulo, colocaram em evidência garanhões nacionais.

Ler na íntegra

Desejado Outplay vence o 50º GP Bento Magalhães

Defensor de Stud Parente Sobral & Edilguar brilhou no principal momento da festa recifense.

Ler na íntegra