Banner Haras Regina Topo
24 Fev 2017 | 21:33:34

Criação: norte-americanos perdem Royal Delta e Lucky Pulpit

Nos últimos dias duas mortes dentre animais PSI norte-americanos ganharam as linhas dos principais noticiários turfísticos do globo. Em apenas uma semana, Royal Delta e Lucky Pulpit vieram a falecer entre Irlanda e Estados Unidos, respectivamente.

Dona de excelente campanha, Royal Delta morreu ao parir uma filha de Galileo, na Irlanda
Imagem: Keeneland

Uma das melhores fêmeas da última década nos Estados Unidos, Royal Delta (Empire Maker) morreu em decorrência de complicações no parto de uma potranca - filha de Galileo - na sessão irlandesa da Coolmore. Pertencente à Besilu Stables (baseada na Flórida), Royal Delta já havia visitado Galileo em duas ocasiões. Na primeira, em 2014, Royal Delta não acusou prenhez. E na segunda, em 2015, a matriz chegou a acusar positivo em seu teste de prenhez, mas logo em seguida veio a abortar. A potranca, que figura, portanto, como o primeiro e único produto de Royal Delta na reprodução, passa bem. 

"É uma grande perda para todos nós. Felizmente a potranca sobreviveu e passa bem. São coisas que acontecem durante o trabalho de parto e... Você não pode fazer absolutamente nada. É muito difícil", declarou o brasileiro - e bloodstock manager da Besilu Stables - Fabricio Buffolo à reportagem da Blood Horse.

Nascida em 2008, Royal Delta competiu dos 3 aos 5 anos, conquistando 12 vitórias em 22 corridas. Vencedora, por duas vezes, da Breeders' Cup Ladies Classic (gr.I) - que recentemente voltou a ser chamada de "Distaff" - e primeira colocada, ainda, nos Delaware Handicap (gr.I), Beldame Stakes (gr.I), Alabama Stakes (gr.I) e Personal Ensign Stakes (gr.I), Royal Delta foi eleita melhor potranca de 3 anos no Eclipse Awards de 2011 e melhor égua adulta nos Eclipse Awards de 2012 e 2013. Sempre competindo aos cuidados de William Mott, a corredora encerrou sua campanha com mais de US$ 4 milhões em prêmios.

Já Lucky Pulpit desapareceu na Harris Farms (onde desempenhou toda a sua carreira de reprodutor) na Califórnia, vitimado por um ataque cardíaco após realizar a sua primeira cobertura no ano. Nascido em 2001, Lucky Pulpit estava cobrindo a US$ 7,5 mil na presente temporada.

Ao contrário de Royal Delta, Lucky Pulpit passou praticamente despercebido em campanha. Com 3 vitórias em 22 atuações, o alazão obteve sua principal vitória no Smile Stakes em Arlington Park. Tendo ingressado na reprodução em 2007, o garanhão sediado na Califórnia seguiria na penumbra até o ano de 2014, quando seu filho, California Chrome, venceria o Kentucky Derby (gr.I) - sem prejuízo de suas demais conquistas, obtidas dali em diante. 

Pai de 229 animais corridos, e de 148 ganhadores*, Lucky Pulpit também contou, em seu stud record, com os nomes de Luckarack (múltiplo ganhador de stakes), Rousing Sermon (2º em G1) e You're Late (ganhadora de stakes). 

*Números extraídos da página do garanhão no anuário da Blood Horse.

Mais notícias

Olhar Mágico carimba passaporte para o Grande Prêmio Paraná

Defensor da Coudelaria Baptista foi o melhor na Taça Hipódromo do Tarumã.

Ler na íntegra

My Green prevalece na Prova Especial Emabruk

Filha da excelente Light Green obteve a primeira vitória na chamada nobre de Cidade Jardim.

Ler na íntegra

EUA: Mubtaahij desencanta na América e vence o Awesome Again Stakes (gr.I)

Cinco provas de G1 movimentaram sabatina de Santa Anita. Brasileira Kiss Me Now falhou no Rodeo Drive Stakes.

Ler na íntegra