Banner Haras Regina Topo
06 Out 2018 | 17:00:22

Doppio Shanghai abandona o perdedor no Grande Prêmio Diana – Fortaço (gr.I)

Filha de Shanghai Bobby rendeu nova vitória de G1 ao Haras Cifra, na temporada.

Antônio Mesquita vibra com a vitória de Doppio Shanghai.

Imagem: Marília Lemos

Disputado neste sábado (6), em Cidade Jardim, o Grande Prêmio Diana – Fortaço (gr.I), em 2.000m na pista de grama (macia), para potrancas de 3 anos, marcou a terceira prova da tríplice coroa de éguas. Vitória, de ponta a ponta, para Doppio Shanghai, filha de Shanghai Bobby e Doppio Amore (Mensageiro Alado), de criação do Haras Di Cellius e propriedade do Haras Cifra – coudelaria que conquistou a terceira vitória de G1 num intervalo de apenas 40 dias.

Ganhando rédeas de Antônio Mesquita, logo após a partia, Doppio Shanghai assumiu o primeiro posto, correndo sua companheira de farda – e ganhadora do GP Barão de Piracicaba (gr.I) – Hembra (Forestry), na segunda colocação. Duty do Jaguarete (Kodiak Kowboy) aparecia em terceiro, com a parelha de Miss Carola (T. H. Approval) e Mendel Sweet (T. H. Approval) disputando o quarto.

Queridinha (Dídimo), Magia Negra (Molengão) e Honorável Bisca (Siphon) – esta vinda de vencer o GP Henrique de Toledo Lara (gr.I) – acionavam nas posições subsequentes.

Na reta de chegada, Doppio Shanghai desgarrou um bocado, ao passo que Hembra e Duty do Jaguarete passaram, então, a correr por dentro da ponteira. Somente nos últimos 200 metros foi que a vitória de Doppio Shanghai restou ameaçada, quando da última estocada de Duty do Jaguarete. Ainda assim Doppio Shanghai encontrou forças para manter a primeira colocação, derrotando Duty do Jaguarete por ¾ de corpo.

Hembra (1 e ¼) ficou com a terceira posição, ao passo que Mendel Sweet (2 e ¾) e Queridinha (3 e ¼) completaram o marcador. A seguir, Miss Carola, Honorável Bisca e Magia Negra.

Treinada, em Curitiba/PR, por Delmar Lima Albres, Doppio Shanghai obteve sua primeira vitória diretamente no GP Diana desta tarde. Em sua sétima corrida, percorreu a distância na marca de 2:03.21, com finais de 23.47 e 12.11.

Mais notícias

Luiz Edmundo: um capitão a serviço do turfe.

Vitorioso dentro das pistas e atuante fora delas, Luiz Edmundo Barbosa deixou a vida – e fez o turfe brasileiro carente de um dos seus maiores entusiastas.

Ler na íntegra

Shang Shang Shang, uma Shanghai Bobby, brilha no Royal Ascot

Filha de reprodutor com passagem pelo Brasil bateu os machos no Norfolk Stakes (gr.II), uma das atrações do terceiro dia do Royal Ascot 2018.

Ler na íntegra

ABCPCC informa: inscrições abertas para o Leilão de Coberturas ABCPCC 2017

Inscrições irão até o próximo dia 5 de maio

Ler na íntegra