Banner Haras Regina Topo
01 set 2018 | 15:41:03

Em final de emoção, melhor para Nível Alto

Filho e neto, respectivamente, dos nacionais Que Fenômeno e Acteon Man, defensor de Adolpho Smith de Vasconcellos venceu o Clássico Ricardo Lara Vidigal (L).

Nível Alto venceu bonita corrida.

Imagem: Marília Lemos

Uma das atrações da sabatina (1), em Cidade Jardim, o Clássico Ricardo Lara Vidigal (L), em 1.900m na pista de areia, para produtos de 3 anos, teve em Nível Alto, filho de Que Fenômeno e Bollinger (Acteon Man), de criação e propriedade de Adolpho Smith de Vasconcellos, o seu ganhador.

Enquanto Homero Strong (Hinton Wells) e Ultra Bom (Quick Road) disputaram o protagonismo da prova, durante a maior parte do tempo, coube a Marcos Ribeiro acionar Nível Alto, com precisão, nos últimos 200 metros.

Num final emocionante, Nível Alto sacou cabeça sobre Ultra Bom. Homero Strong (1/4) foi o terceiro, deixando Aristocrática (por Trinniberg, 16 e ¼) no quarto posto.

Recebendo o treinamento de Gilson Borba, Nível Alto obteve a segunda vitória (primeira clássica) em 8 corridas. Tempo de 1:56.66, com finais de 24.50 e 12.67.

Mais notícias

GP São Paulo 2017: English Major deverá correr a "Milha Internacional"

Defensor de Black Opal Stud tem inscrição planejada para o GP Presidente da República (gr.II)

Ler na íntegra

Lepate Goose: atropelada certeira no GP Barão de Piracicaba (gr.I)

Potranca do Haras Phillipson abriu a tríplice coroa de éguas.

Ler na íntegra

Cancha reta: Raj, um Tiger Heart, vence o GP Guido Irineu Pelanda

Prova, que reuniu produtos de 2 anos no Jockey Club Fazenda Rio Grande, distribuiu mais de R$ 130 mil em prêmios

Ler na íntegra