Banner Haras Regina Topo
04 Ago 2018 | 18:48:17

Em final eletrizante, Tupã Ceretã supera Sammy na capital paulista

Alazão de Neverending Stud conquistou o Clássico Luiz e José Vieira de Carvalho Mesquita (L).

Tupã Ceretã (por dentro) conquistou bonita vitória.

Imagem: Marília Lemos

Derradeiro embate de chamada clássica, deste sábado (4), em Cidade Jardim, o Clássico Luiz e José Vieira de Carvalho Mesquita (L), em 2.000m na pista de grama (pesada), para produtos de 4 e mais anos, marcou a vitória de Tupã Ceretã, 4 anos, filho de Quick Road e Katita Porã (Special Nash), de criação do Haras Mabruk e propriedade de Neverending Stud.

Conduzido por Everton Pereira, Tupã Ceretã vigiou, na terceira colocação, o ritmo imposto por Um Fugitivo (Molengão) e Looking Ahead (Setembro Chove) à competição. Cowboy Purse (Public Purse) corria em quarto. O favorito Sammy (First American) aparecia no quinto posto.

Sob train moroso, o pelotão terminou a reta oposta e completou a curva. Na entrada da reta de chegada, Tupã Ceretã girou dominando a carreira, ao passo que Sammy já se apresentava, pelo lado de fora, em sua pegada.

Por melhor que fosse a ação de Sammy, Tupã Ceretã engrossou o caldo contra o favorito, nos últimos 300 metros de prova. Mesmo chegando a ser dominado pelo oponente, Tupã Ceretã, nos lances decisivos, entregou suas últimas energias à disputa, o que lhe rendeu uma vitoriosa reação junto à cerca interna. Um focinho assegurou a vitória de Tupã Ceretã, com Sammy, que perdeu corrida ingrata, formando a dupla.

Looking Ahead (4 e ¾) foi o terceiro, deixando Conan do Jaguarete (por Wild Event, 5 e ¾) e Cowboy Purse (6 e ¾) nos postos subsequentes.

Eleito, Land of Foz e Fugitivo finalizaram na sequência. Não correu: Zap Zap.

Responsável pelo treinamento dos dois primeiros colocados, Thiago Haidar encilhou Tupã Ceretã para que este conquistasse a quarta vitória em 10 saídas. Vencedor do Clássico Siphon (L) e do GP Pres. José de Souza Queiroz (gr.III), completou a distância na marca de 2:03.10, com finais de 23.54 e 12.06.

Mais notícias

Na grama e em recorde, Fitzgerald vence G3 em Maroñas

Crioulo do Araras faturou o Clásico Benito Villanueva (gr.III), na recém inaugurada pista de grama do hipódromo uruguaio.

Ler na íntegra

Velha Máquina prevalece no GP Presidente Edmundo Pires de Oliveira Dias (gr.III)

Filha do nacional Redattore pertence ao Stud Tamoio.

Ler na íntegra

Lamartine emplaca vitória autoritária no Grande Criterium

Líder do Stud Eternamente Rio confirmou seu favoritismo no GP Linneo de Paula Machado (gr.I).

Ler na íntegra