Banner Haras Regina Topo
27 Mai 2017 | 23:30:07

EUA: corrida na expectativa, Juno entra quarto em G2

Filha do nacional Setembro Chove chegou a dar "fila" nos 300 finais; vitória ficou com Illuminant

Ganhadora de G1, Illuminant resistiu na primeira colocação

Imagem: Santa Anita Park

Disputado nesse sábado (27), em Santa Anita Park, nos Estados Unidos, o Monrovia Stakes (gr.II), em 1.300m na pista de grama, para éguas de 4 e mais anos, com US$ 200 mil de bolsa, teve na brasileira Juno (por Setembro Chove, de criação do Stud Chesapeake) a sua quarta colocada. A vitória, no entanto, ficou com Illuminant, 5 anos, filha de Quality Road e Sparkling Numbers (Polish Numbers), de criação de Sycamore Hall Farm e propriedade de Eclipse Thoroughbred Partners, Head of Plains Partners LLC & SF Racing LLC. 

Com Flavien Prat "up", Illuminant buscou a primeira colocação logo na largada. Já Juno, por outro lado, passou a ser corrida na expectativa por Kent Desormeaux. Sob um ritmo bastante forte - com os primeiros 400m sendo corridos em menos de 22s - as competidoras ingressaram na reta final, ainda com Illuminant na ponta, enquanto que Juno buscava avançar, mais aberta, em quinto. 

E ainda que tenha dado certa impressão na altura dos 300 finais, Juno perdeu um bocado em intensidade, na horada verdade, ao passo que Illuminant conseguiu concretizar sua vitória. No espelho, Illuminant derrotou Coniah (Harlington) por 1/2 corpo. A irlandesa Anita Partner (Majestic Warrior) foi a terceira, com Juno finalizando em quarto, a 2 corpos e 1/4 da ganhadora.

Treinada por Michael W. McCarthy, Illuminant obteve a sua quinta vitória em 13 corridas. Ganhadora, no ano passado, do Gamely Stakes (gr.I) - que na mesma reunião de hoje foi vencido pela ótima Lady Eli -, Illuminant registrou 1:12.13 para a distância.

Mais notícias

Dr. Phelipe levanta a Prova Especial Timão

Corredor do Stud Cariri do Recife contou com direção inspirada de Bernardo Pinheiro.

Ler na íntegra

IFHA adota regra padrão de interferência para desclassificações

Entidade mor do turfe internacional passa a recomendar que desclassificações observem interferência do lance no resultado do páreo – a mesma lógica adotada no Código Nacional de Corridas.

Ler na íntegra

Invicto em Porto Alegre, Peron volta a vencer

Defensor de Telmo Nunes Estrella conquistou o Clássico Santos Dumont.

Ler na íntegra