Banner Haras Regina
19 Mar 2017 | 14:10:34

Filha do nacional Timeo, Tantiny assume a liderança entre as potrancas na Gávea

GP Luiz Fernando Cirne Lima (gr.III) rendeu nova taça ao Haras São José da Serra

Tantiny mostra que é de corrida na Gávea

Imagem: Gérson Martins

Atração do sábado (18) no Jockey Club Brasileiro, o Grande Prêmio Luiz Fernando Cirne Lima (gr.III), em 1.300m na pista de grama (pesada, com 5m de cerca móvel), para potrancas de 2 anos, marcou a vitória de Tantiny, filha do nacional Timeo e Tchelona (Northern Afleet), de criação e propriedade do Haras São José da Serra.

Debaixo de chuva Silence Is Gold (Agnes Gold) prontamente tomou a primeira colocação. Flacka (Put It Back) e Tantiny disputavam o segundo, correndo Ficha Certa (Put It Back) em quarto, e último.

Sempre com Silence Is Gold liderando, o reduzido lote ingressou na reta final. Flacka, num primeiro momento, dera impressão de que poderia atacar Silence Is Gold. Fora Tantiny, no entanto, na altura dos 300 finais, quem partira com tudo para cima das duas corredoras.

Devidamente corrigida por Wesley da Silva Cardoso (que mantinha o chicote em sua mão canhota), Tantiny deixou Flacka para trás e passou a atacar, então, Silence Is Gold, quando faltavam 200 metros para o disco. E não encontrando resistência na oponente, Tantiny tomou conta do páreo nos derradeiros 100 metros.

No disco, Tantiny trazia ¾ de corpo sobre Silence Is Gold, finalizando Flacka em terceiro a 11 corpos e ¼. Ficha Certa (29 e ¾) fechou raia em quarto.

Treinada no Vale da Boa Esperança por Dulcino Guignoni, Tantiny obteve a sua segunda vitória (a primeira clássica) em 3 corridas. Tempo de 1:24.76.

Mais notícias

Rumo ao GP São Paulo, Bóris do Jaguarete vence o "14 de Março"

Filho de Amigoni emendou sua segunda vitória clássica consecutiva, sendo a primeira graduada

Ler na íntegra

Sixties Song confirma no GP Latinoamericano; Deep End é quarto

Pupilo de Alfredo Gaitan foi até o Chile para vencer o seu segundo G1 internacional

Ler na íntegra

Nos moldes da "Pegasus", Australianos criam a "Everest", a mais rica corrida de grama do mundo

Após todo o sucesso, e repercussão, da primeira Pegasus World Cup (gr.I) nos Estados Unidos, o turfe australiano deverá, no segundo semestre de 2017 , emplacar empreitada semelhante. Está marcada para o dia 14 de outubro a The Everest, a ser disputada em Randwick Park, na distância dos 1.200 metros em pista de grama, e que ofertando uma bolsa de... [continua ]

Ler na íntegra