Banner Haras Regina Topo
15 Ago 2017 | 00:32:48

Grupos I pela Europa: resultados do fim de semana

Alemanha, França e Irlanda sediaram corridas de graduação máxima nos últimos dias.

Al Wukair, pelo centro, desbancou a parelha da Godolphin, em final emocionante

Imagem: Equidia.fr

O fim de semana do turfe europeu rendeu interessantes embates aos turfistas. Entre Alemanha, França e Irlanda, três provas de graduação máxima compuseram as programações locais, em relevantes disputas do segundo semestre no Velho Mundo.

Corrida bastante aguardada pelos alemães, o Grosser Preis Von Berlin (gr.I), em 2.400m na pista de grama, para produtos de 3 e mais anos,  com € 175 mil de bolsa, revelou a vitória de Dschingis Secret, 4 anos, filho de Soldier Hollow e Divya (Platini), de criação de Gestut Park Wiedingen e propriedade de Horst Pudwill (clique aqui e assista ao replay).

Com Adrie de Vries “up”, Dschingis Secret derrotou a parelha favorita da Godolphin, composta por Hawkbill (Kitten’s Joy) e Racing History (Pivotal), que, nessa ordem, completaram a trifeta. Treinado por Markus Klug, Dschingis Secret registrou 2:32.89 para a milha e meia, na sua quinta vitória (a primeira de G1) em 12 corridas.

Em Deauville, na França disputou-se do Prix Jacques Le Marois (gr.I), em 1.600m na grama, com dotação de € 700 mil. Vitória do 3 anos Al Wukair, filho de Dream Ahead e Macheera (Machiavellian), criado na Irlanda por Ballych Stables e pertencente a Al Shaqab Racing (clique aqui e assista ao replay).

Pilotado por Frankie Dettori, Al Wukair impôs-se em final emocionante. Na linha de sentença, apenas meia cabeça separava o ganhador do segundo colocado, Inns of Court (Invencible Spirit) que ao lado do terceiro colocado – a apenas meio pescoço – Thunder Snow (Helmet), formou outra parelha da Godolphin cuja derrota deu-se por escassa margem. Responsável pelo preparo dos dois primeiros colocados, Andre Fabre enviou Al Wukair à raia para que o potro conquistasse a quarta vitória em 6 saídas. Tempo de 1:38.51.

Na Irlanda, por fim, a nova geração foi à raia por conta do Phoenix Stakes (gr.I), em 1.200m na pista de grama, para produtos de 2 anos, com € 250 mil de bolsa. Na prova de total hegemonia da Coolmore, mais uma vitória para o triunvirato de Michael Tabor, Derrick Smith & Susan Magnier, desta feita com Sioux Nation, filho de Scat Daddy e Dream The Blues (Oasis Dream), criado no Kentucky por Fethard Bloodstock (clique aqui e assista ao replay).

Ryan Moore conduziu Sioux Nation, que derrotou Beckford (Bated Breath) por ½ corpo. A terceira colocação ficou com o faixa do ganhador, Actress (Declaration of War). Treinador de 16 dos últimos 20 ganhadores da prova, Aidan O’Brien encilhou Sioux Nation para que este obtivesse a terceira vitória em 6 corridas. Relógios parados na marca de 1:11.72.

Mais notícias

Tane emenda a terceira consecutiva na Gávea

Arenático do Stud V de Villela venceu a Prova Especial Daião.

Ler na íntegra

Rumo à tríplice coroa, No Regrets encanta no GP Diana (gr.I)

Potranca do Haras Doce Vale voltou a vencer com facilidade, e em ótima marca

Ler na íntegra

Pensando Em Grana levanta o Proclamação da República

Filho de Tiger Heart pertence ao Haras Rio Iguassu.

Ler na íntegra