Banner Haras Regina Topo
28 Mai 2017 | 17:20:48

Irlanda: depois de Newmarket, Churchill e Winter dominam, também, os guinéus irlandeses

O fenomenal Galileo é pai da dupla que se consolida como os líderes da geração 2014 na Europa

Churchill anexou o quarto G1 à sua campanha

Imagem: Rte.ie

Após terem vencido, no início de maio, as 2000 e 1000 Guineas britânicas, Churchill e Winter voltaram a fazê-lo nas provas correspondentes disputadas em solo irlandês. E além de pertencer às mesmas conexões - da Coolmore - a dupla também tem entre si outro poderoso ponto de intersecção: ambos são filhos do fenomenal Galileo. 

Enquanto Lancaster Bomber ditava o ritmo do Tattersalls 2000 Guineas (gr.I, com € 300 mil de bolsa), Ryan Moore mantinha Churchill na quinta, e penúltima, colocação do lote. Sem que houvesse, todavia, grande distanciamento entre o ponteiro e o último colocado, Churchill assenhorou-se da primeira colocação num piscar de olhos, na altura dos 400 finais - assim que fora posto para correr por Moore.

Em vitória firme, Churchill cruzou o espelho 2 corpos e 1/2 à frente de Thunder Snow (Helmet), que vinha de protagonizar situação inusitada no Kentucky Derby (gr.I), quando negou-se a correr após a partida. Irishcorrespondent (Teofilo) foi o terceiro. Treinado por Aidan O'Brien (recordista de vitórias no páreo, com 11 troféus, o profissional levantou 7 das últimas 10 edições da corrida), Churchill assinalou 1:40.46 para a milha, na grama pesada. Esse foi o sétimo êxito de Churchill em 8 corridas, com destaque em seu retrospecto, ainda, para as conquistas dos Dewhurst Stakes (gr.I) e National Stakes (gr.I). Filho da matriz Meow (Storm Cat), Churchill foi criado na Irlanda pela Liberty Bloodstock e pertence a Michael Tabor, Derrick Smith & Susan Magnier. 

No páreo das fêmeas, por ocasião do Tattersalls 1000 Guineas (gr.I, também com € 300 mil de bolsa) algo semelhante ocorreu. Hydrangea (Galileo) - das mesmas conexões de Winter - cuidou do "trabalho sujo" ao puxar o train de corrida na dianteira, ao passo que Ryan Moore recolhia Winter à quarta colocação. Na seta dos 400 finais, Winter passou sem briga pelas corredoras que vinham à sua frente, e dali em diante somente fizera aumentar sua vantagem, até a meta.

Na linha final, Winter tinha 4 corpos e 3/4 sobre Hydrangea, que ainda resistiu na formação da dupla com vantagem mínima sobre Intricately (Fastnet Rock). Aidan O'Brien conquistou a sua sétima vitória na competição, igualando o recorde, assim, de Hubert Hartingan. Já Winter somou sua terceira vitória em 6 corridas. Tempo de 1:38.63 para a milha na raia pesada. Tendo Laddies Poker Two (Choisir) como mãe, Winter foi criada na Irlanda por Laddies Poker Two Syndicate.

Mais notícias

Cristal: Samurai faz as pazes com o disco em Porto Alegre

Alazão do Stud Vinicius Roehrs foi o melhor no Clássico Tribunal Regional do Trabalho

Ler na íntegra

Leilão da Criação Nacional: sorteio da ordem de entrada

Produtos de mães com nomes iniciados pelas letras "J" (1ª noite) e "M" (2ª noite) adentrarão por primeiro no tattersall do Jockey Club Brasileiro

Ler na íntegra

Na grama e em recorde, Fitzgerald vence G3 em Maroñas

Crioulo do Araras faturou o Clásico Benito Villanueva (gr.III), na recém inaugurada pista de grama do hipódromo uruguaio.

Ler na íntegra