Banner Haras Regina Topo
23 Fev 2017 | 04:10:51

Mercado: Esfinge é negociada e seguirá para os Estados Unidos

Um dos destaques dentre as fêmeas da geração brasileira de 2013, Esfinge, filha de Wild Event e Kiss Me Dear (Bernstein), de criação do Haras Santa Maria de Araras e propriedade do Stud Ghadeer (de propriedade de Antônio Landim Meirelles Quintella, Paulo César Peixoto de Castro e Sérgio Coutinho Nogueira), será enviada para os Estados Unidos nas próximas semanas. Em negociação conduzida pelo agente chileno Nelson Sepúlveda, a potranca foi adquirida por investidores japoneses, e após cumprir campanha na América do Norte servirá como matriz no Japão.

Esfinge destacou-se ao vencer o Grande Prêmio Barão de Piracicaba (gr.I) em São Paulo
Imagem: Porfírio Menezes/Divulgação JCSP

Em 6 atuações até aqui, Esfinge conseguiu duas vitórias no eixo Rio-São Paulo. Depois de vencer uma eliminatória na Gávea, onde também finalizou em terceiro na Prova Especial Risota - vencida em junho por Estella Rossa -, Esfinge seguiu viagem até Cidade Jardim para abrir a tríplice coroa local com uma fácil vitória no Grande Prêmio Barão de Piracicaba (gr.I, vide replay abaixo). Depois de abdicar da segunda etapa - o GP Henrique de Toledo Lara (gr.I) -, Esfinge retornou à capital paulista para escoltar Kiss Me Now (T. H. Approval) no Grande Prêmio Diana (gr.I). No Brasil, a corredora cumpriu toda a sua campanha sob os cuidados do treinador Roberto Solanés - e obteve suas duas vitórias com Carlos Lavor no dorso.

Esfinge é a segunda filha de Wild Event a despertar a atenção de turfistas asiáticos num curto intervalo de tempo. Em 2015, a líder carioca Cruiseliner, que havia vencido os Grandes Prêmios Diana (gr.I) e Zélia Gonzaga Peixoto de Castro (gr.I) também foi adquirida por proprietários do Japão e na sequência restou enviada para a Irlanda - onde competiu por uma única vez, no Diamond Stakes (gr.III), em setembro do ano passado, tendo finalizado na sétima posição.

Mais notícias

GP Margarida Polak Lara: sina de campeãs

Prova integrante da Copa dos Criadores ABCPCC, a Taça de Prata de Potrancas conta como seleto rol de ganhadoras, o que provoca o imaginário do turfista sobre o que está por vir em 2017. Candidatas disputarão bolsa aproximada de R$ 194 mil.

Ler na íntegra

Táxi Lunar foi o melhor na Prova Especial Mensageiro Alado "A"

Velocista pertence ao Stud Mo Bay

Ler na íntegra

Porto Alegre: Best Dubai prevalece no Clássico Profissionais do Turfe

Filha de Dubai Dust pertence a Claudio Oliveira Osorio Marques.

Ler na íntegra