Banner Haras Regina
20 Mar 2017 | 16:54:31

Moreira leva Rapper Dragon à glória da tríplice coroa no Hong Kong Derby

Emocionado, bridão brasileiro declara à imprensa: "A maior vitória de minha carreira".

Moreira comemora a vitória de Rapper Dragon: heróis em Hong Kong

Nesse domingo (19), em Kong Kong, produtos de 4 anos (considerando os nascimentos no hemisfério norte) disputaram os US$ 2,6 milhões de bolsa do Hong Kong Derby (L), em 2.000m na pista de grama. Consagração para Rapper Dragon, um castrado de 4 anos filho de Street Boss e Swing Dance (Danehill Dancer), criado na Austrália por E. Cojuangco e pertencente a Albert Hung Chao Hong, bem como para seu jóquei, o "Magic Man", João Moreira.

Numa condução à altura de seu enorme talento, Moreira aproveitou as balizas internas, durante todo o percurso, com Rapper Dragon, que alternou entre as terceira e quarta colocações ao longo do páreo. Assim, o alazão que rateava apenas 1,80 ganhou precioso terreno, principalmente no giro das duas curvas. Abordada a reta final, Moreira aproveitou uma passagem surgida na baliza 3, e rapidamente lançou por ali o favorito, que dera início, então, a um irresistível sprint final. 

Mesmo "escrevendo" um bocado nos últimos 250 metros, Rapper Dragon aparou à distância os ataques adversários para alcançar o espelho 1 corpo e 3/4 à frente do alemão Pakistan Star (Shamardal), repetindo, assim, a dupla exata da Hong Kong Classic Mile (gr.I). Beauty Generation (Road To Rock) terminou em terceiro.

Celebrado pelo público e mídia tanto quanto o próprio Rapper Dragon, João Moreira não conteve as lágrimas após a vitória. Acostumado às grandes conquistas (que incluem, por exemplo, vitórias em páreos de G1 disputados em Dubai), o bridão afirmou, entretanto, ter sido esta a mais importante vitória de sua carreira. 

"Foi a maior pressão que eu senti em toda a minha vida. Sinceramente, eu estava me esforçando para lidar com isso. Eu acho que jamais tinha obtido uma vitória cercada de tamanha responsabilidade. O Derby é a maior das corridas, até mesmo em relação às corridas internacionais (...) Eu desejei muito essa corrida", declarou o piloto à reportagem do South China Morning Post.

Primeiro animal na história de Hong Kong a vencer a série clássica (também reputada como a tríplice coroa local, e composta, ainda, pela já citada HK Mile e também pela Hong Kong Classic Cup (gr.I)) dos animais de 4 anos, Rapper Dragon passa a somar 8 vitórias em 16 corridas. Tendo iniciado sua campanha na Austrália (onde se chamava Street Rapper e chegou a argolar segundas colocações em provas de G1 e G3), Rapper Dragon assinalou 2:02.88 para a distância. John Moore, dono do mais currículo dentre os treinadores locais, anexou outro feito, na ocasião, à sua coleção.

Mais notícias

Silence Is Gold agradece aumento da distância e vence listed race

Prova reservada a potrancas de 2 anos, o Clássico Ministério da Agricultura (L), em 1.300m na grama (4m de cerca móvel), foi disputada nesse domingo (19), na Gávea. Venceu Silence Is Gold, filha de Agnes Gold e Olympic Firstclass (First American), de criação do Haras São José da Serra e propriedade do Stud São Francisco da Serra.

Ler na íntegra

Na areia, Orpheus foi perfeito no Clássico Câmara Municipal de São Paulo (L)

Disputado nesse sábado (25), no Jockey Club de São Paulo, o Clássico Câmara Municipal de São Paulo (L), em 1.400m na areia, para produtos de 3 e mais anos, quem se sobressaiu foi o argentino Orpheus, 5 anos, filho de Forestry e Ora Ora (Lycius), de criação do Haras Santa Maria de Araras e de propriedade do Stud Jaguaretê.

Ler na íntegra

Projeto de lei busca fomentar a indústria do cavalo PSI em Bagé

PL 7.126/17 foi protocolado na última quarta-feira por Afonso Hamm em Brasília

Ler na íntegra