Banner Haras Regina Topo
30 Abr 2018 | 22:48:51

Na grama e em recorde, Fitzgerald vence G3 em Maroñas

Crioulo do Araras faturou o Clásico Benito Villanueva (gr.III), na recém inaugurada pista de grama do hipódromo uruguaio.

Fitzgerald aprovou a raia de grama.

Imagem: Ovación Digital

Em que pese as incontestáveis habilidades, demonstradas sobre a raia de areia, de Fitzgerald, 3 anos, filho de Put It Back e Via Jet (Wild Event), de criação do Haras Santa Maria de Araras e propriedade do Stud La Fe, o brasileiro ainda não havia atuado na pista de grama. No último domingo (29), porém, Fitzgerald exibiu-se com desenvoltura, na relva, para conquistar o Clásico Benito Villanueva (gr.III), em 1.600m na pista de grama, para produtos de 3 e mais anos.

Com Luis Cáceres “up”, derrotou Maraton (por Holy Roman Emperor, de criação do Haras Santa Camila e propriedade do Haras Moema) por 2 corpos e ½. Com 7 dos 8 inscritos na prova, a criação brasileira, igualmente, restou representada no restante do placar remunerado: Fustic (por Quick Road, de criação da Fazenda e Haras Calunga e propriedade do Stud Crespi), Almoradi (por Top Hat, de criação da Fazenda e Haras Calunga e propriedade do Stud Crespi e Fifth Day (por Put It Back, de criação do Haras Santa Maria de Araras) finalizaram nas terceira, quarta e quinta colocações, respectivamente.

Treinado por Jorge Firpo, Fitzgerald passa a contar com 6 primeiros lugares em 9 saídas. Ao assinalar o ótimo tempo de 1:31.70 para a milha, na grama, Fitzgerald tornou-se o novo recordista, nas respectivas pista e distância, em Montevidéu.

Mais notícias

Laurent abre – em alto estilo – a semana máxima carioca

Potro do Haras Figueira do Lago conquistou o Clássico Imprensa (L) – Jornalista Cristiane Dias.

Ler na íntegra

Corte do Kentucky afasta responsabilidade absoluta do treinador em caso de doping

Julgamento em ação movida por Graham Motion pode afetar norma basilar das corridas de cavalo, ao redor do mundo.

Ler na íntegra

Winx vence G1 pela terceira vez e mira Royal Ascot

Melhor égua PSI do planeta, craque australiana prevaleceu, pelo terceiro ano consecutivo, no George Ryder Stakes (gr.I). Imprensa cogita participação da corredora no Royal Ascot.

Ler na íntegra