Banner Haras Regina Topo
09 maio 2017 | 17:08:03

Newmarket: Churchill confirma soberania de Galileo e O'Brien nos 2.000 Guinéus (gr.I)

Potro de Michael Tabor, Derrick Smith e Susan Magnier venceu seu terceiro G1

Churchill acusou superioridade em Newmarket

Imagem: Sky Sports

Disputado no último sábado (5), em Newmarket, na Grã-Bretanha, a versão local - e original - dos QIPCO 2.000 Guinéus (gr.I), em 1.600m na pista de grama, para produtos de 3 anos, com £ 500 mil de bolsa, foi vencido pelo favorito Churchill, filho de Galileo e Meow (Storm Cat), criado por Liberty Bloodstock na Irlanda e pertecente ao trio da Coolmore, Michael Tabor, Derrick Smith e Susan Magnier.

Após manter Churchill no pelotão intermediário durante a primeira metade da competição, Ryan Moore não pensou duas vezes em lançar seu conduzido por uma passagem surgida pela cerca, na altura dos últimos 800 metros. Ingressando na reta final já em primeiro, Churchill, em que pese a partida longa, não passou por apuros para neutralizar - à distância - as investidas adversárias. Barney Roy (Excelebration) formou a dupa a 1 corpo no disco, com Al Wukair (Dream Ahead) finalizando em terceiro. 

Treinador de Churchill, Aidan O'Brien firma-se como o recordista de vitórias no histórico da prova, que é disputada desde 1809. Agora, O'Brien soma 8 troféus do páreo, ao passo que Galileo, o pai do ganhador, chega ao quinto ano seguido estando presente ao pedigree (ora como pai, ora como avô) do vitorioso nos guinéus britânicos. Tempo de 1:36.61 para Churchill, que enfileira, ainda, os êxitos dos Dewhurst Stakes (gr.I) e National Stakes (gr.I), numa campanha composta por 7 corridas, e 6 vitórias, até aqui.

Na prova correspondente destinada às fêmeas, mais uma vez se fez, inabalável, a supremacia de Galileo. Sua filha - na matriz Ladies Poker Two, por Choisir -, Winter, criada na Irlanda por Laddies Poker Two Syndicate e de propriedade de Susan Magnier, Michael Tabor & Derrick Smith, levantou o QIPCO 1.000 Guinéus (gr.I), em 1.600m na grama, para potrancas de 3 anos, com dotação de £ 500 mil. 

Sob a monta de Wayne Lordan, Winter derrotou outra filha de Galileo, Rhododendron, por 2 corpos no disco. Daban (Acclamation) terminou em terceiro. Agora tetracampeão do páreo, Aidan O'Brien (que encilhou, também, a segunda colocada) mandou Winter à raia para que a corredora obtivesse a sua segunda vitória em 5 corridas. Relógios parados na marca - superior àquela assinalada por Churchill - de 1:35.66.

Mais notícias

Eclipse Award, de cavalo do ano, é de Gun Runner

Nas vésperas da Pegasus World Cup (gr.I), alazão protagonizou principal categoria da premiação norte-americana e rendeu ao brasileiro, Gonçalo Torrealba, a segunda estatueta.

Ler na íntegra

EUA: Editore encara prova de G2 em Santa Anita

Vindo de conquistar batismo clássico nos Estados Unidos, corredor do Rio Dois Irmãos alinhará no San Gabriel Stakes (gr.II).

Ler na íntegra

Justify congela cronômetros em apronto para o Belmont Stakes

Candidato à tríplice coroa norte-americana deixou impressão das melhores ao passar 800 metros em 46,5 na raia de Churchill Downs.

Ler na íntegra