Banner Haras Regina Topo
25 maio 2019 | 16:19:49

Norma Jean conquista batismo clássico em Cidade Jardim

Defensora do Stud San Duda conquistou o Clássico Pres. Luiz Nazareno Teixeira de Assumpção (L).

Norma Jean e Jeane Alves brilharam no clássico.

Imagem: Marília Lemos

Disputado neste sábado (25), em Cidade Jardim, o Clássico Pres. Luiz Nazareno Teixeira de Assumpção (L), em 1.600m na pista de areia, para éguas de 3 e mais anos, foi vencido por Norma Jean, 5 anos, folha de Eeyeofthetiger na ganhadora de G1 e múltipla produtora clássica Eternitá (Ghadeer), de criação de Beverly Hills Stud e propriedade do Stud San Duda.

Ecologie (Mr. Nedawi) fez questão da primeira colocação. Jeane Alves posicionou Norma Jean na segunda colocação. My Girl (Drosslmeyer) corria em terceiro. Five Star (First American) e Magic Naif (Plenty of Kicks) vinham depois.

Norma Jean ingressou na reta final tomando de golpe a dianteira. My Girl infiltrou-se pela baliza um, tentando atacar a ponteira. No mínimo comando de sua joqueta, porém, Norma Jean acabou com a prova, quando ainda faltavam 300 metros para o disco.

Em êxito de grande facilidade, Norma Jean derrotou Magic Naif por 4 corpos e ¾. My Girl (5 e ¼) finalizou em terceiro, com Five Star (8 e ¼) e Ecologie (8 e ¼) completando, nesta ordem, o marcador.

Treinada por Eduardo Gosik, Norma Jean obteve a terceira vitória (a primeira clássica), sendo 1 na Argentina (onde iniciou campanha) e 2 no Brasil. Na 16º saída, percorreu a distância em 1:36.86, com finais de 25.04 e 12.62.

Mais notícias

Irlanda: Romanised, um Holy Roman Emperor, vence o 2000 Guineas

Enquanto produto do garanhão conhecido dos brasileiros venceu ente os machos, Alpha Centuri faturou o 1000 Guineas, em meio às potrancas.

Ler na íntegra

Fantastic Boy confirma favoritismo na Prova Especial Waldmesiter

Defensor de Black Opal Stud venceu em bonita atropelada.

Ler na íntegra

Porto Alegre: Best Dubai torna-se tríplice coroada e Hubli vence o Derby

Em noite movimentada, turfe gaúcho contemplou os desfechos das tríplices coroas.

Ler na íntegra