Banner Haras Regina Topo
21 Dez 2017 | 17:28:17

OSAF: comitês técnicos se reuniram em Hong Kong

Genética, doping, bem estar animal e outras pautas foram debatidas no início de dezembro.

Em meio ao maior meeting turfístico local, no início do mês, diversos eventos e atividades paralelas aconteceram em Hong Kong. Dentre as quais as reuniões dos Comitês Técnicos Internacionais vinculados à Federação Internacional de Autoridades Hípicas (IFHA) e dos quais participam representantes da Organização Sul Americana de Fomento ao Puro Sangue de Corrida (OSAF). Nos debates, diversas pautas contemporâneas do turfe internacional.

Derivado do Comitê Internacional de Stud Books, o Sub Comitê de Doping Genético, como o próprio nome sugere, dedicou-se a abordar questões relacionadas à modificação genética com caráter de doping, no dia 6 de dezembro. Meios de se detectar a prática bem como uma maior veiculação de informações a respeito representam as principais preocupações dos membros do sub comitê, no momento.

No dia seguinte, dentre os temas abordados pelo Comitê de Bem Estar Animal, houve espaço para pautas como a castração química, ozônio terapia, antibióticos e bifosfonatos (compostos químicos dedicados, principalmente, ao fortalecimento ósseo dos animais). A circulação de memorandos e materiais educativos sobre práticas adequadas e salutares no trato animal, em sede de criação e treinamento, também esteve em voga dentre os assuntos discutidos.

No dia 8, o Comitê de Substâncias e Práticas Proibidas, por sua vez, dedicou-se à análise de temas como a determinação de substâncias terapêuticas, certificação de laboratórios, guias sobre o aparato documental e estrutural dos laboratórios, aperfeiçoamento nos testes para a presença de cobalto e dióxido de carbono, anabolizantes esteroides e contaminação de alimentos. O comitê interno da OSAF ficou incumbido de realizar apresentação relacionada aos temas sugeridos, na próxima Conferência Internacional de Médicos Veterinários (ICRAV), programada para Dubai, no ano de 2018.

Na mesma data, o Comitê de Harmonização das Regras de Corridas discutiu assuntos que costumam despertar grande interesse, dos turfistas em geral. Por primeiro, se teve a recomendação da IFHA de que, para fins de desclassificações em corridas, por conta de prejuízos causados, os comissários e julgadores deverão considerar se o cometimento da infração alterou o resultado da corrida. Outros pontos abordados: utilização de chicotes estofados e a qualificação das suspensões a jóqueis em razão de doping como sendo infrações graves. Ainda em sede de harmonização das regras entre diferentes entidades promotoras de corridas, a OSAF acenou positivamente para os avanços relacionados à harmonização das escalas de peso, métodos de coleta de materiais para realização de exames antidoping, controle toxicológico e alcoolemia de jóqueis, dentre outros.

Em 11 de dezembro, o Comitê de Transporte Internacional de Cavalos ratificou os avanços vislumbrados nos trabalhos elaborados desde 2013, quando um acordo de cooperação mútua firmado entre IFHA, Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) e Federação Equestre Internacional (FEI) passou a instrumentalizar as iniciativas dedicadas às questões de ordem burocrática e sanitária no transporte internacional de cavalos. A fim de tornar as regras de tráfego e quarentena cada vez mais adequadas às necessidades de competição, metas restaram traçadas: melhoramentos na área de biossegurança e conscientização da indústria turfística sobre a sua importância, aprimoramento na comunicação entre a indústria turfística e autoridades competentes, elaboração de acordos bilaterais adequados às necessidades locais e diminuição na duração das quarentenas entre fronteiras.

Por fim, entre os dias 11 e 14 de dezembro, esteve reunido o Comitê Internacional de Handicappers, que discutiu e definiu a escala internacional de ratings. Representantes dos países membros da OSAF fizeram-se presentes. Pelo Brasil, Ricardo Ravagnani. No posto de maior rating dentre os animais sul americanos, Sixties Song, com rating de 119 libras.

Aqui, o press release da assessoria de imprensa da OSAF.

Mais notícias

Aigua e Peter-Pilotto dominam listed races em Cidade Jardim

Embates da chamada clássica paulista movimentaram a sabatina no Jockey Club de São Paulo.

Ler na íntegra

Gávea: oito alinharão no Grande Criterium

GP Linneo de Paula Machado (gr.I) agitará o turfe carioca, no dia 6 de outubro.

Ler na íntegra

Céu de Brigadeiro vence a Prova Especial Falcon Jet

Aberta a produtos de 3 e mais anos, a Prova Especial Falcon Jet, em 2.000m na pista de grama, foi disputada nesse sábado (11) na Gávea. Vitória para Céu de Brigadeiro, 4 anos, filho de Out of Control e New Rafaela (Royal Academy), de criação do Stud TNT e propriedade de Edson Alexandre/Luiz Alberto Danielian. 

Ler na íntegra