Banner Haras Regina Topo
12 Nov 2017 | 22:09:21

Per-Piacere conquista batismo nobre no Clássico Octavio Dupont (L)

Potranca do Stud Criação Seabra alcançou Fly To Lorenza nos últimos lances do páreo.

Per-Piacere conquistou batismo clássico na Gávea

Imagem: Gérson Martins

Destinado a potrancas de 3 anos, o Clássico Octavio Dupont (L), em 1.600m na pista de grama (leve, com 3m de cerca móvel), foi disputado neste domingo (12), no Jockey Club Brasileiro. Vitória de Per-Piacere, filha de Plenty of Kicks e Pemaquid (Deputy Minister), de criação do Haras San Francesco e propriedade do Stud Criação Seabra.

Fly To Lorenza (Wild Event) e Guanabara (Silent Times) saíram em briga pela primeira colocação, definindo-se Guanabara na dianteira. Jolie Mabi (Rock of Gibraltar) corria em terceiro, emparelhada com Foolproof (Put It Back). Depois acionavam Festa Pronta (Wild Event), Olympic Havana (Dubai Dust), Per-Piacere e Sabbra (Agnes Gold). Na cabeceira da curva, Foolproof passou para segundo.

Abordada a reta de chegada, Guanabara teve de lidar com o duplo ataque, da parelha do Haras Santa Maria de Araras, composta por Foolproof e Fly To Lorenza. Mais aberta, era Jolie Mabi quem tentava arrematar. Pelas balizas de dentro, Leandro Henrique buscava espaço para o arremate de Per-Piacere.

Na altura dos 300 finais, Per-Piacere foi lançada pela baliza um, deixada livre por Guanabara. Em rápidos galões, a corredora passou por Guanabara e iniciou intensa disputa com Fly To Lorenza pela primeira posição. Na linha de sentença. Per-Piacere garantiu pescoço de vantagem sobre a adversária. Sabbra (2), de má partida, atropelou para ficar com o terceiro posto. Completaram o marcador, empatadas, na quarta colocação, Guanabara (2 e ¼) e Jolie Mabi (2 e ¼).

A seguir: Festa Pronta e Olympic Havana. Não correu: Risolutezza.

Treinada por Ronaldo Marins Lima, Per-Piacere conquistou a terceira vitória (primeira clássica) em 8 corridas. Tempo de 1:28.42.

Mais notícias

Austrália: no galão decisivo, Winx mantém série invicta

Craque australiana superou má largada com atropelada fulminante em Randwick.

Ler na íntegra

Olhar Mágico carimba passaporte para o Grande Prêmio Paraná

Defensor da Coudelaria Baptista foi o melhor na Taça Hipódromo do Tarumã.

Ler na íntegra

OSAF: validação das provas black type da América do Sul para 2018

Comité Fiscalizador de Calidad de Carreras Clássicas da OSAF reuniu-se no Peru para avaliar promoções, rebaixamentos e advertências das corridas clássicas do continente para o próximo ano.

Ler na íntegra