Banner Haras Regina Topo
20 nov 2017 | 11:12:56

Porto Alegre: Public Job e Best Dubai dominaram clássicos locais

Provas de meio fundo marcaram as principais atrações da reunião gaúcha.

Public Job superou o favorito Nadador Lô, em final de rigor.

Imagem: Divulgação JCRS

Na última sexta-feira (17), em Porto Alegre, dois embates da chamada clássica local, em 2.200 metros, representaram as principais atrações da programação. Public Job e Best Dubai revelaram-se vitoriosos.

No Clássico Senador Pinheiro Machado – para produtos de 3 e mais anos – Public Job, 3 anos, filho de Public Speaker e Adrya di Job (Job di Caroline), de criação do Stud Don Juan e propriedade de Delbio Marques, superou o favorito Nadador Lô (Crimson Tide), em final de emoção.

Com L. Costa “up”, Public Job sacou ¼ de corpo sobre o adversário, finalizando Smart Flyer (Public Purse) em terceiro. Euquemando (Public Purse) e Jovem D’Alessandro (Point Given) depois.

Treinado por A. F. Chaves, Public Job conquistou a terceira vitória em 10 corridas. Relógios parados na marca de 2:27.70.

Já Best Dubai, 3 anos, filha de Dubai Dust e Vogue Girl (Vettori), de criação do Haras Fronteira e propriedade de Claudio Oliveira Osorio Marques, levou de vencido o Clássico Antonio Joaquim Peixoto de Castro, para éguas de 3 e mais anos.

Vinda de vencer o GP Luiz Fernando Cirne Lima – a prova das éguas da semana do GP Bento Gonçalves – Best Dubai derrotou Just Event (Wild Event) em boa lei. Surfista (Siphon) ficou com a terceira colocação, deixando Bacanona (Agnes Gold) e Flight At Night (Shirocco) no complemento do marcador.

Sob o treinamento de N. Canut, Best Dubai obteve a quinta vitória em 6 corridas. Tempo de 2:29.20.

Mais notícias

Uruguai: no melhor momento de sua campanha, Oggigiorno é bicampeão do Clásico Invasor

Brasileiro obteve terceira vitória consecutiva no hipódromo uruguaio

Ler na íntegra

Olympic Hollywood resiste a Emperor Roderic no Clássico Coaraze (L)

Corredor do Haras Regina obteve batismo clássico, na Gávea.

Ler na íntegra

Troféu Mossoró: No Regrets, o animal do ano do turfe brasileiro

Nome da tríplice coroada carioca restou eleito no momento mais aguardado da premiação realizada neste sábado (5), no Jockey Club Brasileiro.

Ler na íntegra