Banner Haras Regina Topo
23 Mar 2017 | 18:24:23

Projeto de lei que equipara cavalos a gado é aprovado no Kentucky

Medida trará benefícios, principalmente, de ordem fiscal aos criadores de equinos

Anualmente, o comércio de cavalos movimenta cerca de US$ 18 milhões, a título de impostos, no Kentucky

Imagem: Prweb.com

De acordo com nota assinada por Eric Mitchell no site da Blood Horse, um projeto de lei que equipara cavalos a bovinos (e outras subfamílias), para fins legais, foi aprovada em ambas as casas legislativas do Kentucky. A nova norma aguarda, agora, a sanção do governador Matt Bevin.

No Kentucky, as políticas alfandegárias e tributárias sobre cavalos são mais onerosas e severas, do ponto de vista financeiro, do que aquelas dedicadas ao gado, porcos, carneiros etc. Assim, a expectativa é de que a inovação legislativa permita que criadores de equinos passem a ser menos afetados pelo pagamento de impostos e consigam reter uma maior parte de suas receitas nesse aspecto.

“Durante anos nossas leis mostraram-se obscuras acerca da classificação dos cavalos, e como resultado uma de nossas mais tradicionais indústrias veio a sofrer. Essa designação irá clarear o caminho para uma condição de equidade tributária, e outras paridades legais, dentro de toda a indústria equina, que se fortalecerá nos próximos anos”, declarou David Osborn, porta-voz da Câmara dos Representantes do Kentucky.

Autora do projeto de lei, e dona de grande identificação junto aos cavalos, a senadora Robin Webb afirma que o projeto de lei garante uma necessária consistência no tratamento (dispensado aos equinos) em face de toda a legislação:

“Ao passo que o estado trata os cavalos como gado, seja nas leis humanas, nas leis corporativas, ou em determinados programas estaduais, e federais, isso (o projeto de lei) preserva essa classificação em face de todas as leis, lhes distinguindo dos animais domésticos”.

Anualmente, cerca de US$ 18 milhões a título de tributos são cobrados de criadores, e vendedores, de cavalos, no Kentucky – ao passo que bovinos, e subfamílias afins, exploradas comercialmente são isentas de impostos em operações de venda. A expectativa é de que, com a edição da nova lei, a alíquota de 6% sobre a venda de equinos, e ainda, na compra de ração, camas e utensílios para o trato equino, seja renegociada numa proposta de reforma fiscal mais ampla.

Questionada sobre declarações de grupos relacionados à proteção dos animais, no sentido de que a nova legislação, ao equiparar cavalos a gado, passaria a legalizar o abate daqueles, Webb argumenta que não é esse o intuito do projeto.

“Não é disso (do abate de cavalos) que trata o projeto. Há outros animais equiparados ao gado em nossa legislação que não são criados para o abate, como alpacas ou lhamas. Qualquer coisa a mais que esteja sendo dita a respeito é apenas retórica sensacionalista para ganhar dinheiro”, completou Webb.

Fato que vai de encontro aos esclarecimentos de Webb sobre a polêmica envolvendo o projeto é o fato de que o legislativo do Kentucky também aprecia, atualmente, projeto de lei que potencializa os meios de identificação, e remoção, de cavalos identificados em situação de abandono no estado. A house bill nº 200 é uma resposta estatal ao emblemático caso de maus tratos a animais sob o qual foram enquadrados a treinadora Maria Borell, e seu pai, Charles Borell, em 2016. O episódio, que repercutiu mundo afora, implicou no abandono de 43 cavalos, em condição de penúria, numa fazenda arrendada pelos Borell.

Mais notícias

OSAF informa: participação de animais chilenos no GP Latinoamericano

Foco de influenza equina no Chile bloqueou, momentaneamente, o trânsito de animais entre o país e o Uruguai. Organização Sul Americana de Fomento ao Puro Sangue de Corrida (OSAF) trabalha junto às autoridades para negociar acordo sanitário que permita a participação dos animais chilenos no GP Longines Latinoamericano (gr.I).

Ler na íntegra

Este dia, finalmente, chegou: Darley enviará éguas para Galileo em 2018

Decisão põe fim à antiga política da coudelaria de Sheikh Mohammed bin Rashid Al Maktoum em não utilizar reprodutores da “rival”, Coolmore.

Ler na íntegra

No Clássico Primavera (L), passeio de Friends of Gold

Em Curitiba, defensora de Bet Gold Stud conquistou fácil vitória na prova destinada às fêmeas.

Ler na íntegra