Banner Haras Regina Topo
21 Jun 2017 | 00:16:22

Royal Ascot: Ribchester, Lady Aurelia e Barney Roy brilham no primeiro dia do festival

Farda da Godolphin desfilou inspirada pela pista britânica.

Ribchester venceu o Queen Anne Stakes (gr.I), com direito a recorde

Imagem: RacingPhotos/Thoroughbred Daily News

Nesta terça-feira (20), em Ascot, na Inglaterra, teve início o mais tradicional festival turfístico do mundo. Em sua primeira data no ano de 2017, Royal Ascot presenteou turfistas com três provas de G1, que dominaram os holofotes da mídia turfística. O posto de principais estrelas da abertura do meeting estiveram Ribchester, Lady Aurelia e Barner Roy.

No Queen Anne Stakes (gr.I), em 1.600m na pista de grama, para produtos de 3 e mais anos, com £ 685 mil de bolsa, William Buick manteve Ribchester em quarto enquanto seu “faixa”, Ennaadd (King’s Best) puxava train alucinante na primeira posição. Avançando nos últimos 500 metros, Ribchester logo tomou a primeira colocação. Dali em diante, o castanho manteve a margem que lhe separava dos demais, vencendo Mutakayyef (Sea The Stars) por 1 corpo e ¼. Deauville (Galileo) foi o terceiro.

Treinado por Richard Fahey, Ribchester obteve a sua quinta vitória em 12 corridas. Ganhador dos Lockinge Stakes (gr.I) e Prix Jacques Le Marois (gr.I), Ribchester tornou-se o novo recordista da milha, em Ascot, ao assinalar 1:36.60 para a distância.

Quatro anos, criado na Irlanda por A. Thompson & M. O'Brien e pertencente à Godolphin, Ribchester é filho de Ifraaj e Mujarah (Marju). Pertence à família 16, de Bruce Lowe, e descente diretamente de Fall Aspen, sua quinta mãe - o que faz jus ao bordão do saudoso Marcos Ribas: "nada é por acaso".

Um ano após bater as potrancas de 2 anos no Queen Mary Stakes (gr.II), por ocasião do mesmo festival, a norte-americana Lady Aurelia, 3 anos, filha de Scatt Daddy e Wildcat Speed (Forest Wildcat), de criação e propriedade de Stonestreet Thoroughbred Holdings, retornou ao meeting britânico para brilhar – desta feita em meio aos machos de mais idade – no King’s Stand Stakes (gr.I), em 1.000m na grama, com bolsa de £ 400 mil.

Com John Velasquez “up”, Lady Aurelia bateu Profitable (Invencible Spirit) por 3 corpos no disco. Marsha (Acclamation) finalizou em terceiro. Treinada em seu país natal por Wesley Ward (o mesmo treinador do brasileiro High Hours nos EUA), Lady Aurelia – também vencedora do Prix Morny (gr.I) na França e do Giant’s Causeway Stakes (L), em recorde, nos Estados Unidos – completou o quilômetro em 57.45.

Na derradeira prova de graduação máxima do dia, produtos de 3 anos competiram no St. James’s Palace Stakes (gr.I), em 1.600m (aprox.) na grama, com dotação de £ 400 mil. Quando a maior parte dos turfistas aguardava novo sucesso do melhor potro da Europa, Churchill (Galileo), foi Barney Roy quem roubou a cena. Com James Doyle “up”, o castanho arrancou com ímpeto nos últimos 400 metros, para bater Lancaster Bomb (War Front), o “faixa” de Churchill, por 1 corpo. Já Thunder Snow (Helmet), o mais cotado da parelha da Godolphin (composta, juntamente, com Barney Roy), foi o terceiro. Churchill, por sua vez, terminou em quarto.

Preparado por Richard Hannon, Barney Roy é um britânico filho de Excelebration e Alina (Galileo), de criação da Darley e propriedade da Godolphin. Foi a sua quarta vitória em 5 corridas, com destaque, ainda, para o Greenham Stakes (gr.III). Ao parar os relógios na marca de 1:37.22 para os 1.400 metros e 213 jardas, Barney Roy tornou-se o novo recordista da distância.

Na programação foram realizadas, ainda, duas outras competições clássicas – ambas destinadas a produtos de 2 anos. No Coventry Stakes (gr.II), em 1.200m na grama, com £ 150 mil de dotação, venceu o irlandês Rajasinghe, filho de Choisir e Bunditten (Soviet Star), de criação de James & Geoff Mulcahy e propriedade de Rebel Racing. Treinamento a cargo de Richard Spencer e condução de Stevie Donohoe. Por fim, no Windsor Castle Stakes (L), em 1.000m na grama, com bolsa de £ 80 mil, outro êxito da Godolphin: Sound And Silence, um britânico filho do australiano Exceed And Excel e Veil of Silence (Elusive Quality). Pilotado por William Buick, Sound And Silence é treinado por Charlie Appleby.

Mais notícias

Cristal: Olé Gremista vence entre as fêmeas. Don Itá e Obinophone empatam no embate dos machos

Nove páreos foram disputados na sexta-feira, em Porto Alegre.

Ler na íntegra

Schweinsteiger confirma favoritismo na Prova Especial Verão

Velocista do Haras Rio Iguassu não encontrou dificuldades para prevalecer na reta de Cidade Jardim.

Ler na íntegra

ABCPCC entrevista: José Carlos Pires

José Carlos Pires é o novo Presidente da Câmara de Equideocultura do MAPA. Imagem: Divulgação JCB Recentemente, José Carlos Lodi Fragoso Pires foi eleito, por unanimidade, Presidente da Câmara de Equideocultura do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA). Descendente das famílias que, por meio dos Haras Ipiranga e Santa Ana do Rio Grande, fizeram história no turfe brasileiro, Zeca... [continua ]

Ler na íntegra