Banner Haras Regina Topo
27 jan 2018 | 22:03:16

Stylish marca ponto para Forestry na Prova Especial Bal A Bali

Potro do Haras São José da Serra dominou prova especial reservada aos mais novos, na Gávea.

Stylish venceu e convenceu

Imagem: Gérson Martins

Disputada neste sábado (27), no Jockey Club Brasileiro, a Prova Especial Bal A Bali, em 1.000m na pista de grama (macia, com 8m de cerca móvel), para produtos de 2 anos, teve em Stylish, filho de Forestry e Solennitá (Giant Gentleman), de criação e propriedade do Haras São José da Serra, o seu ganhador.

Apanhando boa partida, Stylish tomou a ponta. Por dentro corria Mac Bol (Agnes Gold). Forjado A Ouro (Redattore), O Ulloa (Discreet Cat) e o favorito George Washington (Redattore) acionavam na sequência.

No tiro direto, quando Valdinei Gil pediu por Stylish, este correspondeu em cheio. Desvencilhando-se de Mac Bol e neutralizando as investidas de O Ulloa, Stylish disparou para o disco, vencendo por 3 corpos e ½. O Ulloa formou a dupla, deixando George Washington (4 e ½) em terceiro. Forjado A Ouro (8 e ¼) e Mac Bol (8 e ½) depois.

Treinado por Julio Cezar Sampaio, Stylish registrou 57.70 para o quilômetro, na primeira atuação da campanha. A terceira mãe de Stylish, Sweet Honey (Egoísmo), figura como uma das melhores reprodutoras da história da criação nacional, tendo dado origem a 3 ganhadores individuais de G1 (Suspicious Mind, Sirena e Sweet Eternity), além de participar do pedigree de outros diversos vencedores clássicos.

Mais notícias

Jockey Club Brasileiro divulga calendário clássico para 2019

Meeting do Grande Prêmio Brasil será realizado no fim de semana do dia 9 de junho.

Ler na íntegra

Promising Run vence outra prova graduada em Dubai

Pertencente à Godolphin, filha da brasileira Aviacion conquistou novo êxito no Dubai International Racing Carnival. Agora, por ocasião do Balanchine (gr.II).

Ler na íntegra

Cavalos contrabandeados, do Brasil para o Paraguai, são confiscados, segundo jornal ABC Color

Quatro animais, embarcados em Ponta Porã, ingressaram de modo ilegal, em território paraguaio. Segundo periódico local, cavalos pertenceriam ao Vice Presidente, Hugo Velasquez.

Ler na íntegra