Banner Haras Regina Topo
13 abr 2019 | 21:41:09

Winx emociona no adeus e vence, pela terceira vez, o Queen Elizabeth Stakes (gr.I).

Na trigésima terceira vitória consecutiva, sendo a vigésima quinta de G1, super craque australiana teve sua campanha encerrada.

Winx: o final perfeito para uma história incrível. 

Imagem: Steve Hart/Horse Racing

O final feliz de uma história cujos números confundem-se com o inacreditável.

Neste sábado (13), em Randwick, mais de 43 mil pessoas contemplaram a despedida das pistas de Winx, 7 anos, filha de Street Cry e Vegas Showgirl (Al Akbar), de criação de Fairway Thoroughbreds e propriedade de Magic Bloodstock Racing, R. G. Treweeke & Mrs. D. N. Kepitis. Ela venceu, pela terceira vez, o Queen Elizabeth Stakes (gr.I), em 2.000m na pista de grama, para produtos de 3 e mais anos.

Para evitar qualquer embaraço no grand finale, Hugh Bowman manteve Winx sempre por fora de seus adversários. Nem mesmo uma passagem providencial obtida pelo japonês Kluger (King Kamehameha), rente à cerca interna, foi o bastante para, somada à perda de terreno de Winx, comprometer a última vitória da histórica corredora.

Para delírio de sua legião de fãs, Winx derrotou Kluger por 1 corpo e ½. Hartnell (Authorized) ficou com a terceira colocação. Tempo de 2:02.54.

Sem prejuízo das qualidades que fizeram de Winx uma das mais expressivas corredoras da história, Chris Waller brilhou na manutenção do estado atlético da corredora, em alto nível, durante toda a sua campanha. Inobstante, Waller conquistou, no ato, sua 100ª vitória em provas de G1 (das quais 25 obteve na retaguarda de Winx).

O turf record de Winx foi encerrado com 43 saídas e 37 primeiros lugares. Tendo iniciado sua campanha em 2014 e competindo sempre em solo australiano, venceu, por 4 vezes, o Cox Plate (gr.I), o Chipping Norton Stakes (gr.I) e o George Ryder Stakes (gr.I); por 3 vezes o George Main Stakes (gr.I) e o Queen Elizabeth Stakes (gr.I); por 2 vezes o Turnbull Stakes (gr.I), o Apollo Stakes (gr.II) e o Warwick Stakes (gr.II); e uma vez o Queensland Oaks (gr.I), o Epsom Handicap (gr.I), o Doncaster Handicap (gr.I), o Caulfield Stakes (gr.I), o Winx Stakes (gr.I), o Furious Stakes (gr.II), o Phar Lap Stakes (gr.II), o Theo Mark Stakes (gr.II), o Chelmsford Stakes (gr.II), e o S. C. Guineas (gr.III).

Com mais de US$ 19,7 milhões em somas ganhas, Winx tornou-se o animal mais premiado, em toda a história. Igualmente detém o recorde de vitórias em provas de G1, em escala mundial, bem como o recorde de vitórias consecutivas, no turfe australiano.

Mais notícias

França: em atropelada precisa, Brametot conquistou o Derby Francês

Filho de Rajsaman confirmou vitória obtida na Poule d’Essai des Poulains (gr.I) no último dia 15 de maio.

Ler na íntegra

Estatísticas nacionais: da criação à propriedade, domínio do Araras

Coudelaria de Julio Bozano encerra temporada hípica 2016/2017 no topo dos rankings de criadores, proprietários e ainda contempla outra conquista de Wild Event entre os reprodutores.

Ler na íntegra

Animal do ano na Europa, Minding tem campanha encerrada

Filha de Galileo deixa as pistas com 7 vitórias em provas de G1.

Ler na íntegra