03/08/2013 - 17:31:12

SP: Sai de Baixo e Fixador, prontos para as Tríplices Coroas


Enquanto na Gávea o fim de semana serve de palco para o festival máximo do turfe carioca, na reunião promovida neste sábado (03), em Cidade Jardim, foram disputadas as duas corridas preparatórias para as Tríplices Coroas locais. 

No páreo endereçado às fêmeas de 3 anos, no caso o Clássico Riboletta (L), em 1.600m na pista de grama, vitória de Sai de Baixo, filha de Elusive Quality e Ke Mint (Royal Academy), de criação do Haras Old Friends e propriedade do Stud El Aragonés.

Diferentemente do que ocorrera em sua última apresentação, desta feita Sai de Baixo correu de acordo com as suas características, ou seja, galopando na dianteira, sem ser contrariada. E quando a joqueta Jeane Alves pediu pela sua conduzida no tiro direto, ela só fez aumentar a sua vantagem administrada em relação às demais, num êxito convincente, e firmado com 1 corpo e 3/4 de vantagem sobre a segunda colocada, Spumone (Northern Afleet). As companheiras de farda Spetacular Quality (Elusive Quality, 2 e 3/4) e Serata Bella (Vettori, 3 e 1/4) finalizaram em terceiro e quarto, respectivamente, e Estupenda Demais (Onward Royal, 3 e 3/4), que vinha de vencer o grupo I do GP Immensity, foi a quinta. Spaghetti, Doppia Vendetta e Voz do Silêncio fecharam raia. 

Paulo Henrique Lobo (Campinas/SP), que emplacou, nada menos, que uma quadrifeta das suas cocheiras no páreo, apresentou muito bem Sai de Baixo, que chega à sua segunda vitória, sendo a primeira clássica, em 5 saídas. Tempo de 1:35.38.

Já no páreo correspondente disputado por potros de 3 anos, Fixador, filho de Crafty C.T. e Nein (Know Height), de criação do Haras Valente e propriedade do Stud Vicenza, esnobou o mau balizamento e levou de vencida a milha, na grama, do Clássico Siphon (L).

Sendo levado aos poucos por Antônio Queiroz para as balizas mais internas, a fim de não fazer a curva muito aberto com o seu conduzido, Fixador ficou bastante mal, com o jóquei praticamente em pé nos seus estribos, na altura dos 800 finais. Enquanto isso, na dianteira, o argentino Perfect Event (Wild Event) já tratava dos papéis, num ritmo bastante animador. Entretanto, que foi alcançada a seta dos 400 metros finais, e Fixador emplacou o seu conhecido arremate final, não houve quem pusesse fim à sua atropelada, que no disco lhe rendeu uma vitória por 2 corpos e 1/4 sobre Perfect Event, enquanto que Alto-Quilate (Elusive Quality, 2 e 3/4) finalizou em terceiro. Bossoftheboss (Top Hat, 4 e 1/4) e Hippopotamus (Cape Tow, 5 e 1/4) completaram o placar. A seguir: Impossible To Lose, Love You, Cabos Blancos, Lap Top, Kip Keyno, Raio Certo, Klinsmann, Poseidon e Valerianus.

Mantido em excelente estado por Márcio Ferreira Gusso (Curitiba/PR), Fixador deu manutenção, assim, à sua liderança entre os machos da geração 2010 em São Paulo, amparada por 3 vitórias (duas clássicas, sendo que a primeira ocorrera no GP Farwell (gr.I) em junho) em 5 corridas. Marca de 1:34.10 para a distância. 



← Voltar


Voltar ao topo