Banner Haras Regina Topo
05 ago 2018 | 20:51:25

Fitzgerald vence mais uma em Maroñas

Crioulo do Haras Santa Maria de Araras conquistou o Clásico Zelmar Michelini (URU-gr.III).

Fitzgerald segue vencendo em Maroñas.

Imagem: Ovacion Digital (Arquivo)

Neste domingo (5), em Montevidéu, o Clásico Zelmar Michelini (URU-gr.III), em 1.500m na pista de areia, para produtos de 3 e mais anos, revelou nova vitória do brasileiro Fitzgerald, 4 anos, filho de Put It Back e Via Jet (Wild Event), de criação do Haras Santa Maria de Araras e propriedade do Stud La Fe.

Mesmo apanhando má partida, Fitzgerald precisou de apenas 200 metros para recuperar-se e assumir a primeira colocação. Na reta de chegada, Fitzgerald chegou a ser acossado pelo também brasileiro Almoradi (por Top Hat, de criação Calunga e propriedade do Stud Crespi), na altura dos derradeiros 300 metros. Quando impulsionado por Luis Cáceres, porém, Fitzgerald escapou, em definitivo, rumo ao disco.

Almoradi formou a dupla a 4 corpos, finalizando Retador (Good Report) em terceiro. El Topo (por Wild Event, de criação do Haras Santa Maria de Araras) e Maraton (por Holy Roman Emperor, de criação do Haras Santa Camila e propriedade do Haras Moema), ao finalizar nas quarta e quinta colocações, respectivamente, figuraram como os outros dois brasileiros na ordem do placar remunerado.

Treinado por Jorge Firpo, Fitzgerald conquistou a sétima vitória em 10 corridas. Vencedor de 6 páreos do calendário clássico local, percorreu a distância no tempo de 1:29.79.

Outra prova de destaque na programação uruguaia, o Clásico Asemblea de La Florida (gr.III), em 2.000m na areia, para produtos de 3 e mais anos, marcou ponta e dupla de criação e propriedade da seção uruguaia do Haras Bagé do Sul. Comandou a dobrada Don Carrasco, 4 anos, filho dos brasileiros Alcorano e Anita Querida (Ayrton S).

Everton Rodrigues conduziu o ganhador, que derrotou o companheiro de farda, Pretor do Sul (Asidero) por ½ pescoço. O brasileiro Olympic Harvard (por Drosselmeyer, do Haras Regina) finalizou na terceira colocação. Bem Hur (Honour And Glory) foi o quarto e Cerro Largo (por Drosselmeyer, de criação do Haras Fronteira), outro brasileiro, o quinto.

Recebendo treinamento de Alcides de Los Santos (responsável pelos 3 primeiros colocados), Don Carrasco conquistou a terceira vitória em 10 saídas. Vencedor do GP Pedro Piñeyrúa (URU-gr.I), percorreu os dois quilômetros na marca de 2:03.92.

Mais notícias

Maroñas: Fitzgerald dá show em listed e coloca Piñeyrúa na mira

Crioulo do Haras Santa Maria de Araras esbanjou categoria no Clásico Argentina (L). Dos cinco primeiros, quatro criados no Brasil.

Ler na íntegra

As 6 (seis) lições de Fluke

por Victor Corrêa

Ler na íntegra

Fair Value e Frazier garantem fim de semana perfeito para o Stud Rio Dois Irmãos na Argentina

Corredores brasileiros venceram prova graduada e listed para a coudelaria.

Ler na íntegra