01 maio 2021 | 22:00:13

A intimidade entre Baffert e o Kentucky Derby: Medina Spirit vence, de ponta a ponta

Na 7ª conquista do treinador radicado na Califórnia (agora seu maior vencedor, em toda a história), filho de Protonico venceu a principal prova do turfe norte-americano.

Diante de arquibancadas, agora apinhadas de gente, Medina Spirit tornou-se o herói do Kentucky Derby 2021

Imagem: Scott Serio/Eclipse Sportswire

Apesar dos pesares, algumas coisas nunca mudam.

Em que pese a edição atípica, em 2020, quando Authentic e seus concorrentes competiram diante de arquibancadas “vazias”, em Churchill Downs, em 2021 a alegria retornou às diversas instalações do hipódromo, como sempre ocorreu, no primeiro sábado de maio. Tal qual a festa, tradicional por ocasião da principal prova do turfe norte-americano (e 1ª Prova da Tríplice Coroa), o contexto pandêmico não foi capaz, também, de fazer substituir seus principais personagens: Bob Baffert segue sendo sinônimo de peculiar sucesso, quando o assunto é a disputa do Kentucky Derby (G1).

Desta feita, o treinador radicado na Califórnia enviou à raia Medina Spirit, que, ao render a Baffert o seu 7º troféu, fez do treinador o mais vitorioso, dentre todos os profissionais de sua classe, no histórico da secular disputa.

Em ótimo pulo de partida, John Velasquez lançou Medina Spirit à dianteira. Rock Your World, que, segundo o próprio Velasquez, conforme dito na coletiva de imprensa pós-páreo, era quem o jóquei aguardava para um duelo, com Medina Spirit, durante a primeira passagem do lote pelo disco, desta feita não apareceu – vitimado por uma má partida. Nisso, Medina Spirit posicionou-se, confortavelmente, na primeira colocação.

O tordilho Soup And Sandwich corria em segundo, com Mandaloun, pedindo rédeas ao jóquei, acionando na terceira colocação. Em quinto, corria o favorito Essential Quality, que recebeu a partida de Luis Saez ainda na cabeceira da última curva.

Com Soup And Sandwich sobrando, Mandaloun passou a assediar Medina Spirit. Por fora dos dois, Hot Rod Charlie e Essential Quality (este terminou por completar uma curva “quadrada”, provocada pelos avanços de Hot Rod Charlie) fizeram com que se desenhasse, para a reta final, uma quádrupla disputa.

Durante todo o tiro direto, Mandaloun e Hot Rod Charlie (Essential Quality dava menos impressão) carregaram, com intensidade, sobre Medina Spirit. O ponteiro, todavia, desfilou atuação de garra e brio, resistindo, galão a galão, às investidas adversárias – a exemplo do que já havia feito por ocasião do Robert B. Lewis Stakes (G3), em Santa Anita. Ou seja, nas duas principais vitórias do corredor, a gana de vencer e a coragem para suportar os ataques dos oponentes, foram suas marcas registradas.

Mandaloun formou a dupla a ½ corpo do ganhador e ½ corpo à frente de Hot Rod Charlie, o terceiro colocado. Essential Quality foi o quarto, a apenas uma cabeça de Hot Rod Charlie.

Adquirido, quando yearling, por US$ 1.000,00, e revendido, um ano depois, por US$ 35.000,00, Medina Spirit (criado, na Flórida, por Gail Rice e de propriedade de Zedan Racing Stables) agora soma 3 vitórias em 6 saídas.

Pertencente à primeira geração do múltiplo ganhador clássico Protonico (um Giant’s Causeway, ora cobrindo a US$ 5.000,00, na Castleton Lyons, no Kentucky), Medina Spirit descende da ganhadora de 1 corrida, Mongolian Changa. Trata-se de uma filha de Brilliant Speed, garanhão que serviu, em shuttling, no Uruguai, em 2015, para o Haras Phillipson, pouco antes do desaparecimento do semental, em 2016.

Tempo de 2:01.02 para os 2.000m na areia.

Mais notícias

Breeders’ Cup: campeões desfilam na Califórnia

Com enorme espera por duelo entre Arrogate e Gun Runner, sem prejuízo de outros vários corredores de luxo, maior festival norte-americano fará de Del Mar o centro das atenções, do turfe internacional, no fim de semana.

Ler na íntegra

Criação: australianos contam com munição da Coolmore para todas as trincheiras, em 2018

Na temporada de monta que se avizinha, criação australiana terá à sua disposição três das principais promessas da corporação irlandesa – com características e genética para vingar, da velocidade ao fundo: Caravaggio, Churchill e Highland Reel.

Ler na íntegra

Num show de Anderson Paiva, Ray Grass conquista o GP Mariano Procópio (gr.III)

Potranca do Stud Best Friends obteve seu batismo clássico.

Ler na íntegra