07 mar 2024 | 18:22:22

Celestial Kitten confirma expectativas e abre a Tríplice Coroa Juvenil de Potrancas

Defensora de Luiz Henrique F. do Santos venceu o Clássico Armando Hofmeister.


Celestial Kitten venceu aos esbarros.

Imagem: Transmissão JCRS

Nesta quinta-feira (7), em Porto Alegre, potrancas de 2 anos disputaram a 1ª Prova da Tríplice Coroa Juvenil: o Clássico Armando Hofmeister, em 1.200m na raia de areia (macia). Vitória de Celestial Kitten, filha de Camelot Kitten e Image Sarge (Salute The Sarge), de criação do Haras Cima e propriedade de Luiz Henrique F. do Santos.

Favorita dos apostadores e vinda de derrotar, justamente, Celestial Kitten, Murasama mandou-se para a ponta, após a largada. Opus Dei saiu à caça da ponteira, tendo a dupla aberto ampla margem à frente de Celestial Kitten, que corria em terceiro.

Aproximando-se, na curva, Celestial Kitten ingressando na reta final já em francos avanços sobre as duas da frente. Com melhor ação, a conduzida de Claudinei Farias assumiu a dianteira e "saiu tirando", rumo ao disco. A estreante Yalla finalizou em segundo, a 6 corpos. Sweet Kill e Opus Dei completaram o marcador, finalizando Murasama em quinto.

A seguir, Dalhe Genebra. Não correu: Noizette Potato.

Treinada por Neimar Canut, Celestial Kitten, ao confirmar tudo o que a respeito de si se comentava, desde a estreia, obteve a 1ª vitória em 2 corridas e percorreu a distância na marca de 1:17.20.

Mais notícias

Anuário de Garanhões: inscrições somente até o dia 28/01, não fique de fora!

Publicação reunirá os principais reprodutores do Brasil, em 2022. Inscrições, ao custo de R$ 1.000,00, darão direito, além da participação do garanhão, ao recebimento de 10 exemplares.

História da Arte estreia com vitória na Prova Especial Joaquim da Cunha Bueno

Filha de Hinton Wells pertence ao Stud Magia.

Olympic Linkedin vence a quarta consecutiva, em Porto Alegre

Defensor de Alberto J. Tiellet Miorim faturou o Clássico Almirante Marquês de Tamandaré.