24 fev 2017 | 17:38:42

Criação: nasce o primeiro filho de Treve

Uma das melhores éguas da história do turfe francês, Treve deu a luz, na última semana, ao seu primeiro produto. De acordo com publicação de Ollie O'Donoghue, no Racing Post, a corredora - de criação de Haras du Quesnay e propriedade do Sheikh Hamad Bin Khalifa Al-Thani - pariu um macho filho de Dubawi (Dubai Millenium) no Haras de Bouquetot (que pertence ao próprio Sheikh), na França.


Treve deu a luz a um macho de Dubawi; Shalaa será o próximo a cobrir a campeã
Imagem: Haras de Bouquetot

"Treve produziu um ótimo primeiro produto. Tudo correu bem e após alguns dias de atraso ela decidiu parir na hora do almoço. Ela e o potro estão muito bem. O próximo capítulo dessa história começa agora, e só nos resta torcer para que o potro seja tão veloz quanto os seus pais", declarou Benoit Jeffroy, stud manager do Haras de Bouquetot.

Um dos líderes de sua geração (2013) na Europa, e tendo encerrado precocemente sua campanha, Shalaa (Invencible Spirit) - que, a exemplo da ilustre égua, pertence ao Sheikh Hamad Bin Khalifa Al-Thani e também está alojado no Haras de Bouquetot - já foi selecionado para a próxima cobertura de Treve, ainda no primeiro semestre de 2017. Shalaa está cumprindo sua primeira temporada de monta neste ano.

Nascida em 2010, Treve (filha de Motivator e Trevise, por Anabaa) obteve 9 vitórias em 12 corridas. Bicampeã do Prix l'Arc de Triomphe (gr.I), ganhadora - em recorde - do Prix de Diane (gr.I) e ainda dos Prix Vermeille (gr.I) e Grand Prix Saint-Cloud (gr.I), Treve encerrou sua campanha com mais de € 7 milhões em prêmios. 

Mais notícias

Hong Kong: Own Them participa de páreo teste, em Happy Valley

Brasileiro (agora chamado Nordic Sky) é uma das esperanças sul-americanas, para a próxima temporada, em Hong Kong.

OSAF informa: está chegando a hora do GP Longines Latinoamericano

A Organização Sulamericana de Fomento ao Puro Sangue de Corrida (OSAF) divulgou por meio de sua assessoria de imprensa release contendo todas as informações que envolvem o Gran Premio Longines Latinoamericano (gr.I) 2017. A prova será realizada no próximo dia 5 de março em Valparaíso, no Chile, e terá uma bolsa de US$ 500 mil.

Com direito a recorde da prova, Fast Jet Court vence o GP João Cecílio Ferraz (G1)

Potranca do Haras Cima firma-se como líder da nova geração, em São Paulo.