19 mar 2019 | 13:06:20

Cristal: Hedi e Nova Moleca candidatam-se às tríplices coroas juvenis

Série de disputas destinadas à geração 2016 teve início, na capital gaúcha. Produtos de Chá Inglês e Agnes Gold conquistaram os primeiros desafios.

Hedi deixou impressão das melhores. 

Imagem: Transmissão JCRS

Na última sexta-feira (15), em Porto Alegre, tiveram início as versões, de potros e potrancas, das tríplices coroas juvenis.

Destinado a produtos de 2 anos, o Clássico Paulo Rosa Wairich, em 1.200m na pista de areia, revelou a vitória de Hedi, filho do nacional – e precocemente desparecido – Chá Inglês e Roupa Velha (First American), de criação do Haras Guamiranga e propriedade de Ricardo Corrêa.

Mandando na prova desde seus primeiros lances, Hedi chegou a ter seu domínio ameaçado, por Payador do Sarandi (Pioneering) e Type Stripes (Molengão), na reta de chegada. Quando acionado por Norton Silva, porém, na altura dos últimos 300 metros, Hedi despachou seus adversários, vencendo com autoridade.

Payador do Sarandi formou a dupla, cerca de 4 corpos atrás do ganhador. Type Stripes foi o terceiro, finalizando Archêveché (Glória de Campeão) e Peut Étre (Kodiak Kowboy) no complemento do marcador.

Treinado por H. P. Machado, Hedi conquistou a segunda vitória em 4 saídas. Tempo de 1:16.20.

Na prova correspondente, destinada às fêmeas, Nova Moleca, filha de Agnes Gold e Haja Gata (Fast Gold), de criação e propriedade do Haras Di Cellius, conquistou o Clássico Armando F. G. Hofmeister, em 1.200m na areia, para potrancas de 2 anos.

Melhorando progressivamente de colocação, Nova Moleca passou para terceiro na cabeceira da curva, sendo que na altura dos 800 finais já era dela a primeira colocação. Com E. Gomes “up”, defendeu-se, à distância, dos avanços de Garrucha Lerap (Wired Bryan), que formou a dupla 3 corpos e ½ atrás da vencedora. Hall Is Well (Put It Back) foi a terceira, com Etê Kaluanã (Adriano) e Happiness (Poker Face) arrematando nos postos subsequentes.

Recebendo treinamento de R. Fernandes, Nova Moleca obteve a primeira vitória em 3 saídas. Relógios parados no tempo de 1:16.80.

 

Mais notícias

Y Gold mantém invencibilidade no Grande Prêmio Independência (G3)

Filha do nacional Skypilot é de criação e propriedade do Haras Free Way.

Ler na íntegra

Logo mais tem Daffy Girl em ação na pista da Gávea

Colocada, pelos experts e turfistas de plantão, ao lado dos melhores animais já criados pelo Haras Santa Maria de Araras, Daffy Girl retomará sua campanha nesse domingo (5), no Jockey Club Brasileiro. A corredora de 4 anos é uma das 7 inscritas no Clássico Antonio Carlos Amorim (L), em 2.000m na pista de grama, para fêmeas de 3 e mais... [continua ]

Ler na íntegra

My Girl domina o Clássico Imprensa (L)

Filha de Drosselmeyer pertence ao Rach Stud.

Ler na íntegra