09 ago 2020 | 18:21:51

De ponta a ponta, Hacienda conquista batismo clássico

Corredora do Stud Verde venceu o Clássico Armando Carneiro (L)

Hacienda neutralizou as investidas de Helquis

Imagem: Sylvio Rondinelli

Destinado a éguas de 3 e mais anos, o Clássico Armando Carneiro (L), em 2.000m na pista de grama (leve, com 7m de cerca móvel), foi disputado neste domingo (9), no Jockey Club Brasileiro. Vitória de Hacienda, 4 anos, filha de Wild Event e After Road (Northern Afleet), de criação do Haras Santa Maria de Araras e propriedade do Stud Verde.

Mesmo largando por fora de todas as suas adversárias, Hacienda já tinha consigo a cerca – e a ponta – ao final da breve reta da direita. Gyoza era a segunda e Little Bad Girl a terceira. Nouvelle Princese corria em quarto e Linda do Iguassu em quinto. A sexta era a favorita Helquis.

Sem alterações, o lote alcançou o tiro direto. Enquanto Hacienda mantinha seu ritmo, no posto principal, o jóquei de Helquis, Marcelo Gonçalves, forçava uma passagem, entre Hacienda e Gyoza. Quando a passagem surgiu e Helquis passou a atacar Hacienda, esta foi exigida, com maior rigor, por Henderson Fernandes.

Neutralizando, com sucesso, as investidas da favorita, Hacienda derrotou Helquis por ½ corpo. Kim Besinger foi a terceira colocada, ficando o complemento do marcador a cargo de Little Bad Girl e Queen of Rio. Depois, Honest Girl, Linda do Iguassu, Gyoza e Nouvelle Princese.

Treinada por Luis Esteves, Hacienda obteve sua terceira vitória (1ª clássica) em 13 saídas. Tempo de 2:04.27.

Mais notícias

Deep Impact desfalca criação mundial

Divisor de águas na criação japonesa, filho de Sunday Silence morreu nesta terça-feira.

Ler na íntegra

América do Sul: Nicholas e Ya Primo, destaques do fim de semana.

Pertencente a conexões brasileiras, Nicholas venceu G1 em San Isidro e carimbou passaporte para o Latinoamericano. Ya Primo brilhou no Derby de Valparaíso.

Ler na íntegra

Keep Down arranha recorde na areia paulistana

Corredor do Stud Nova Glória & Jarussi segue invicto na areia.

Ler na íntegra