07 jan 2018 | 00:24:20

Don Carrasco repete Alcorano na Milha: festa do Haras Bagé do Sul

Filho de Alcorano repetiu a vitória obtida pelo pai no Gran Premio Pedro Piñeyrúa (URU-gr.I) em 2009, fechando, com chave de ouro, a festa máxima uruguaia.


Don Carrasco: conquista repleta de significados para o Haras Bagé do Sul

Imagem: Transmissão oficial Maroñas

Muito embora a vitória de Gandhi Di Job no Ramirez já houvesse muito emocionado e orgulhado o turfe brasileiro durante a festa máxima do turfe uruguaio, em 2018, ainda havia tempo – e espaço – para mais. No Gran Premio Pedro Piñeyrúa (URU-gr.I), em 1.600m na pista de grama, para produtos de 3 e mais anos, o uruguaio Don Carrasco, de criação e propriedade das conexões brasileiras do Haras Bagé do Sul, repetiu a vitória conquistada, no mesmo páreo, pelo pai, Alcorano (Public Purse) – criado no Brasil, pelo próprio Haras Bagé do Sul – no ano de 2009.

Com Everton Rodrigues “up” (igualmente piloto de Alcorano quando da importante conquista), Don Carrasco superou Almirante (Mogador) por 1 corpo. Favorito de 1,70, o brasileiro Fitzgerald (por Put It Back, de criação do Haras Santa Maria de Araras) finalizou em terceiro. O compatriota Coldplay (por Out of Control, de criação do Stud TNT e propriedade do Stud Hulk) ficou com a quarta colocação.

Treinado por Alcides De los Santos (com supervisão de Antonio Luis Cintra), Don Carrasco conquistou a segunda vitória (primeira clássica) em 6 atuações.

Filho da matriz brasileira Anita Querida (Ayrton S), parou os relógios na marca de 1:36.01.

Mais notícias

Northern Town esnoba fator reaparecimento e vence a PE Emabruk

Filha do nacional Que Fenômeno pertence ao Stud Pinheiros do Sul.

No Way José retorna com vitória na Prova Especial Pitu da Guanabara

Velocista do Stud J.C.R. reapareceu com êxito, após vencer o GP ABCPCC (G1), no ano passado.

Bom de Briga vence listed em Curitiba

Defensor do Haras Mantovani venceu o Clássico Luiz Gurgel do Amaral Valente (L).