14 jan 2022 | 13:07:41

Dubai: Bet Law larga e acaba em vitória brasileira

Crioulo do Haras Calunga, pertencente ao Stud Crespi, venceu o Festival City Stakes.


Bet Law largou e acabou

Imagem: Emirates Racing Authority

Nesta sexta-feira (14), em Dubai, produtos de 3 anos disputaram o Festival City Stakes, em 1.200m na pista de areia, com US$ 60 mil de dotação. Vitória expressiva do brasileiro e estreante Bet Law, filho do nacional Universal Law e Bat First (First American), de criação do Haras Calunga e propriedade do Stud Crespi.

Mesmo chocando-se com os animais que largavam por dentro e por fora de si, Bet First não demorou a, ao natural, tomar a primeira colocação. Posicionado pelos paus, por Vagner Leal, o alazão corria pedindo rédeas, enquanto Summer Is Tomorrow acompanhava-lhe, de perto, na segunda colocação.

Quando Summer Is Tomorrow recebeu a partida do jóquei, para atacar Bet Law, este, simplesmente, acabou com o páreo. Respondendo rapidamente ao comando de Leal, Bet Law não apenas manteve-se na ponta, como também ampliou sua margem, até o disco. Deixou Summer Is Tomorrow a 4 corpos e ¼ na segunda colocação, finalizando Mr. Kafoo em terceiro.

Em excelente apresentação de Antônio Luis Cintra (obteve sua segunda vitória no Carnival de 2022), Bet Law conquistou a 3ª vitória em 4 saídas. A única derrota do alazão ocorreu em sua estreia, no Hipódromo de Las Piedras. Em sua mais recente exibição, em Maroñas, havia vencido o Clásico Francia.

Tempo de 1:12.34.

Mais notícias

Cape Town morre aos 21 anos em São Paulo

O semental norte-americano Cape Town, que prestava seus serviços em Americana/SP, no Stud Red Rafa, morreu aos 21 anos. Cape Town havia encerrado sua oitava temporada de monta no Brasil.

Galeria do Leilão da Criação Nacional ABCPC: PERBENE

Mensagem do Presidente: Jockey Club Brasileiro, recordista em matéria de desrespeito

Quando se pensa que o ano de 2020 já foi suficiente para tantos absurdos praticados em nome do Jockey Club Brasileiro, vem à percepção do contrário: sempre há o que piorar e registrar o presente, não bastassem todos os pesares, com pecha de lamentável, nos anais do turfe carioca. Após o cancelamento de programas já formados na véspera das corridas,... [continua ]