24 fev 2017 | 17:24:34

Dust Cup ofusca reaparecimento de Daffy Girl na Gávea

Principal embate do fim de semana em pistas brasileiras, o Clássico Antonio Carlos Amorim (L), em 2.000m na grama (12m de cerca móvel), para éguas de 3 e mais anos, foi disputado nesse domingo (5) na Gávea, e serviu de palco para o reaparecimento de Daffy Girl. Porém, fora Dust Cup, 4 anos, filha de Dubai Dust e Julep Cup (Falcon Jet), de criação e propriedade do Haras Fronteira P. A. P., quem roubara a cena para conquistar o seu batismo clássico.


Dust Cup sacou uma cabeça sobre Daffy Girl no disco de chegada da listed race carioca
Imagem: Gérson Martins

Fazendo as vezes de faixa de Daffy Girl, Dentelle (Signal Tap) mandou-se para a ponta na campainha de largada. Daffy Girl (Wild Event) era a segunda, e Calle Di Rose (Artax), hoje correndo contida, acionava em terceiro. Pizza (First American), Dust Cup, Get Runner (Red Runner) e Garota da Barra (Good Reward) vinham depois.

Sem alterações, o lote percorreu toda a reta oposta. Na curva, a diferença de Dentelle para Daffy Girl caiu para 1 corpo, e Calle Di Rose, por sua vez, ficava a apenas 1/2 corpo de Daffy Girl em terceiro. Abordada a reta final, Daffy Girl girou como uma autêntica barbada por fora de Dentelle. Com Valdinei Gil de posição alta - e buscando pelas adversárias -, Daffy Girl dominou a companheira de farda, ao passo que Calle Di Rose, ao entrar no chicote na seta dos 400 finais, não rendeu o esperado - apenas matendo o seu ritmo, sem aumentar em intensidade.

Faltando 300 metros para o disco, surgiu por fora do pelotão uma Dust Cup cheia de apetite, e que na tocada de Josni Ribeiro partia com ímpeto para cima de Daffy Girl. Diante dos avanços adversários, a favorita foi finalmente solicitada por seu jóquei. Daffy Girl, no entanto, acusou, desde logo, dificuldades para lidar com o tropel de Dust Cup, e em que pese esboçar uma reação nos 100 finais, a vitória sorriu, no disco, a Dust Cup.

Na linha de sentença uma cabeça sacramentou a vitória de Dust Cup, deixando Daffy Girl em segundo. Davida (por Shirocco, 2) foi a terceira, finalizando Dentelle (3) em quarto. Garota da Barra (5 e 1/2) completou o marcador. Depois chegaram: Pizza, Calle Di Rose e Get Runner. 

Treinada por Luis Esteves, Dust Cup passa a contar com 4 vitórias em 17 corridas. Tempo de 2:02.37.

Mais notícias

Head Office não dá susto no GP Linneo de Paula Machado (G3)

Favorito entre os apostadores, corredor do Stud Alessio & Naela obteve outra vitória clássica.

Domínio de Pastime no GP Euvaldo Lodi (G3)

Filha do nacional Gober rendeu mais um troféu ao Stud Red Rafa.

Velha Máquina prevalece no GP Presidente Edmundo Pires de Oliveira Dias (gr.III)

Filha do nacional Redattore pertence ao Stud Tamoio.