02 ago 2020 | 20:21:26

Em teste para o GP Brasil, melhor para Olympic Impact

Defensor do Stud Habeas Corpus levantou o GP João Borges Filho (G2)

Olympic Impact levou a melhor, em prova repleta de transformações

Imagem: Sylvio Rondinelli/Divulgação JCB

Prova preparatória para o GP Brasil, de setembro, o Grande Prêmio João Borges Filho (G2), em 2.400m na pista de grama (pesada, 4m de cerca móvel), foi disputado neste domingo (2), no Jockey Club Brasileiro, por produtos de 4 e mais anos. Venceu Olympic Impact, 5 anos, filho de Redattore e Our Charm (Spend A Buck), de criação do Haras Regina e propriedade do Stud Habeas Corpus.

Após a largada, algo atípico: Galaxy Runner, um conhecido “atropelador”, foi acelerado por Acedenir Gulart, assumindo a primeira colocação. Dentre os outros competidores, todavia, nenhum animal juntou-se à briga. Pelo contrário: os jóqueis sofreavam suas montarias, de tal modo que o páreo transcorria sob ritmo moroso, mesmo quando o pelotão alcançou a reta final.

Olympic Impact e o favorito de devolução Pimper`s Paradise disputavam a segunda posição. Na altura dos últimos 1.400 metros, American Reason ganhou posições e passou a disputar a ponta, com Galaxy Runner. Duzentos metros adiante, foi Abu Dhabi quem avançou, não apenas tomando a dianteira, como também abrindo considerável vantagem, no posto principal.

Na reta de chegada, Abu Dhabi recebeu os avanços de Pimper`s Paradise e He`s Gold. Pimper`s Paradise, por sua vez, dominou Abu Dhabi e desvencilhou-se de He`s Gold. O craque do Haras Doce Vale, porém, não escapou, na primeira posição. Nisso, recebeu a carga de Galaxy Runner, o ponteiro de outrora, que voltou a carga, em busca da vitória.

Faltando 200 metros para o disco, num páreo repleto de nuances, mais uma transformação: Henderson Fernandes trouxe Olympic Impact, pela baliza cinco, em forte arremate. Ele juntou-se a Galaxy Runner e Pimper`s Paradise, na disputa pela primeira colocação. Com melhor ação, Olympic Impact sacou cabeça sobre Galaxy Runner. Pimper`s Paradise foi o terceiro. George Washington e He`s Gold completaram o marcador.

Depois, Abu Dhabi, American Reason e Mstraubarry.

“100%” nos clássicos do dia, Luis Esteves enviou Olympic Impact à raia para que obtivesse sua quinta vitória (primeira clássica) em 19 corridas. Tempo de 2:35.82.

Mais notícias

JCSP divulga novos valores e condições de pagamento de prêmios

Novidades foram trazidas por resolução extraordinária da comissão de corridas.

Ler na íntegra

Com Rapper Dragon, Moreira levanta a Hong Kong Classic Cup

Atração nas corridas de Sha Tin, em Hong Kong, no último fim de semana, a Hong Kong Classic Cup (HK-gr.I), em 1.800m na grama, para produtos de 3 e mais anos, com HK$ 10 milhões de bolsa (cerca de R$ 3,98 milhões), marcou a vitória de Rapper Dragon, 4 anos, filho de Street Boss e Swing Dance (Danehill Dancer), criado... [continua ]

Ler na íntegra

Poet’s Word desbanca Cracksman no Royal Ascot

Filho de Poet’s Voice venceu o Prince of Wales’s Stakes (gr.I), prova central do segundo dia do Royal Ascot 2018, e fez de Sir Michael Stoute o treinador recordista de vitórias – 76 – no maior meeting britânico.

Ler na íntegra