17 fev 2020 | 15:27:05

Estados Unidos: Wind of Change estreia com terceiro em listed

Brasileiro, de Amancio Alonso e Some In Tieme Inc., debutou no Pelican Stakes (L), vencido por Killybegs Captain.

Killybegs Captain aproximou-se do recorde. 

Imagem: SV Photography/RacingDudes.com

No sábado (15), em Tampa Bay Downs, produtos de 4 e mais anos disputaram o Pelican Stakes (L), em 1.200m na areia, com US$ 100 mil de dotação. Cumprindo sua estreia, nos Estados Unidos, o brasileiro Wind of Change obteve bom terceiro lugar, em prova vencida, pela segunda vez, por Killybegs Captain.

Mandando na prova desde a largada, Killybegs Captain (vinha de encarar Maximum Security, em Nova York) obteve fácil vitória. Mesmo desarmado pelo jóquei, Samy Camacho, nos últimos 150 metros, Killybegs Captain (um Mizzen Mast em mãe Holy Bull) parou os relógios na marca de 1:09.24, ficando a 57 décimos do recorde da distância. O ganhador obteve a sétima vitória em 26 saídas. Também vitorioso em prova de G3, Killybegs Captain destaca-se, ainda, por um terceiro lugar para Mitole (eleito Champion Sprinter, nos EUA, em 2019) no Forego Stakes (gr.I) do ano passado.

Conduzido por Daniel Centeno, Wind of Change acompanhou de perto o ritmo do páreo, em quarto. Ingressou na reta final já em terceiro, posição que sustentou até o disco. Finalizou a 5 corpos e ½ do ganhador, em lote composto por 9 animais.

Wind of Change é um 5 anos, filho de Forestry e Academia Real (Banker’s Gold), treinado por Efren Loza Jr. Criado pelo Haras São José da Serra, defendia, no Brasil, os interesses do Stud Pixote, com treinamento de Julio Cezar Sampaio. Em 10 saídas na Gávea, obteve 5 primeiros lugares, incluindo os Clássicos Breno Caldas (L), Eurico Solanés (L), Itajara (L) e o GP João José e José Carlos de Figueiredo (gr.III). Esse último compromisso, em outubro do ano passado, foi a derradeira do corredor, em seu país natal.

Mais notícias

RS: Perfect Bullet vence o Clássico Cidade de Porto Alegre

Defensora do Stud Duplo Ouro prevaleceu na melhor prova do dia, no Cristal.

Ler na íntegra

Explicacion, um tributo a Eduardo Buffara

Poucos dias após o falecimento de seu proprietário, defensora da TBS Internacional conquistou o Clásico Eduardo Vargas y Eduardo Vargas Garmendia (L), em Maroñas.

Ler na íntegra

Cracksman impressiona no reaparecimento

Filho de Frankel brilhou na reabertura, oficial, de Longchamp, e venceu o Prix Ganay (gr.I).

Ler na íntegra