25 out 2019 | 17:47:47

EUA: Bundibunan, filho de Bubbly Jane, vence allowance em Keeneland

Filho da múltipla ganhadora de G1, pertencente ao Haras Interlagos, assegurou a segunda vitória de sua campanha.

Depois de colocações clássicas, Bundibunan venceu allowance.

Imagem: Coady Photo

Na última quarta-feira (23), em Keeneland, produtos de 3 e mais anos disputaram um allowance, em 1.900m na pista de grama, com US$ 73 mil de bolsa. Vitória de Bundibunan, 3 anos, filho de Ghostzapper na brasileira Bubbly Jane, de criação de Michael Perlman e propriedade do Haras Interlagos.

Corrido no meio do pelotão (de 12 animais), por Corey Lanerie, Bundibunan arrematou com disposição, na reta de chegada, derrotando Big Beautiful Wall por 1 corpo e ¼. Tempo de 1:55.75.

Treinado por Ignacio Correas, Bundibunan obteve a segunda vitória em 12 saídas. Vinha de finalizar nas quartas colocações do American Derby (gr.III) e do Dueling Grounds Derby (L).

A mãe de Bundibunan, Bubbly Jane (Yagli e Built To Last, por Knifebox) nasceu em 2005. De criação do Haras Interlagos – a quem também defendeu em corrida – Bubbly Jane 6 vitórias em 18 saídas. No Brasil, conquistou os Grandes Prêmios Henrique de Toledo Lara (gr.I) e Diana (gr.I).

Nos Estados Unidos, Bubbly Jane venceu o Donor Stakes e o Possible Mate Stakes, além de ter argolado uma série de colocações em provas de alto calibre – tais quais o terceiro no Shepsehad Bay Stakes (gr.II), vencido pela britânica Treat Gently.

Mais notícias

Halston desembarca em Hong Kong. E agora chama-se Butterfield.

Após passagem pelos Estados Unidos, derby winner paulista atingiu seu destino final.

Ler na íntegra

ABCPCC informa: estão abertas as inscrições para o leilão de coberturas

Criadores poderão realizar inscrições até o dia 8 de maio para o leilão que acontecerá no dia 23 do mesmo mês, com televisionamento da TV Turfe, TV Jockey e internet.

Ler na íntegra

Entre os potros, Olímpico supera Quick Hillie

Filho do nacional Jeune-Turc, defensor do Haras Moema, conquistou o GP Presidente José de Souza Queiroz (gr.II).

Ler na íntegra