06 jan 2018 | 16:58:36

Gato Arisco vence a Prova Especial Rafael de Barros Filho

Favorito dos apostadores, confirmou a boa estreia para os interesses do Stud Castellabate.


Gato Arisco resistiu aos ataques de Quick Hillie

Imagem: Marília Lemos

Destinada a produtos de 2 anos, a Prova Especial Rafael de Barros Filho, em 1.000m na pista de grama (pesada), revelou, neste sábado (6), em Cidade Jardim, a vitória de Gato Arisco, filho de Belur e Julia Dona (Effervescing), de criação de Hermano Antonio Henning e propriedade do Stud Castellabate.

Favorito dos apostadores, Gato Arisco apresentou-se à dianteira logo após a partida. Híbrido (Siphon) corria em segundo, com Quick Hillie (Quick Road), recuperando-se de uma má partida, acionando na terceira colocação. Sangue de Birigui (Kará de Birigui) e Sansão de Birigui (Kará de Birigui) na sequência.

Passando para segundo na altura dos últimos 700 metros, Quick Hillie deu início, então, a intensa perseguição para cima de Gato Arisco. Em que pese a grande impressão dada por Quick Hillie, até a altura dos 300 finais, Vagner Leal desdobrou-se no dorso de Gato Arisco, que garantiu a primeira colocação.

Quick Hillie, de estreia animadora, formou a dupla a 1 corpo e ½. Híbrido (6 e ¾), Sangue de Birigui (13 e ¼) e Sansão de Birigui (17 e ¼) depois.

Treinado por Sebastião Macedo, Gato Arisco obteve a primeira vitória em duas saídas. Segundo colocado para Pontaseca, na Prova Especial Estreia, quando de sua primeira exibição, Gato Arisco percorreu o quilômetro na marca de 57.49, com finais de 23.98 e 12.45, marcando o primeiro ponto clássico para seu ilustre criador, Hermano Antonio Henning.

Mais notícias

Leilão da Criação Nacional ABCPCC: relação de criadores e proprietários participantes

Ao todo, 240 animais serão inspecionados para a composição do evento.

Essential Lord levanta a Copa ABCPCC Velocidade Mário Belmonte Moglia (gr.III)

Defensor de Haras Nacional & Niju abriu as disputas da Copa dos Criadores 2018.

Sem aposta, sem turfe: aposte somente nos sistemas oficiais

As apostas representam a principal fonte de receita das corridas de cavalo e os hipódromos possuem exclusividade, garantida por lei, para a sua exploração. Sem elas, o turfe não sobrevive. Sem o seu compromisso, de apostar somente nas pedras oficiais, também não.