Banner Haras Regina Topo
08 jun 2018 | 20:18:48

Gogo Boy desbanca os mais velhos e abandona o perdedor diretamente na esfera clássica

Filho de Kodiak Kowboy brilhou no Clássico Luiz Gurgel do Amaral Valente – Taça Criação Paranaense (L).

Gogo Boy venceu de ponta a ponta.

Imagem: Gérson Martins

Disputado nesta sexta-feira (8), no Jockey Club Brasileiro, o Clássico Luiz Gurgel do Amaral Valente – Taça Criação Paranaense (L), em 1.200m na pista de areia (encharcada, pela variante), para produtos de 2 e mais anos, revelou vitória do mais novo animal do lote – até então, perdedor. Na primeira atuação em pista de areia, Gogo Boy, 2 anos, filho de Kodiak Kowboy e Opera Pop (Midnight Tiger), de criação do Haras Anderson e propriedade do Stud Pedudu, desbancou os mais velhos, conquistando vibrante vitória.

Aproveitando o bom balizamento (com o forfait de Explosive Street, largou rente à cerca interna), Gogo Boy procurou a ponta logo após a partida. Espiritus (Drosselmeyer) saiu em sua caça, correndo Secreto Di Donna (Bandido Secreto) e Kid Carson (Molengão) em disputa pelo terceiro posto. Set Ly (Put It Back) acionava em quarto e Visible (Skypilot) no quinto lugar.

Abordada a reta final, Espiritus já se apresentava esgotado, ao passo que Gogo Boy seguia, com firmeza, na ponta. Logo se percebeu que os avanços de Kid Carson e Secreto Di Donna não seriam suficientes para lhe desalojar da dianteira. O único que levou, de fato, algum risco ao êxito do potro, foi El Bacan (Amigoni), que despontou, em forte arremate, a 300 metros do disco.

Castigado por Waldomiro Blandi, porém, Gogo Boy manteve-se na primeira colocação. Padrão de regularidade, El Bacan (3/4) formou a dupla, finalizando Set Ly (5 e ¾) em terceiro. Coração de Ouro (por Bold Start, 6) foi o quarto e Facon (por Christine’s Outlaw, 6 e ¾) o quinto.

A seguir: Secreto Di Donna, Visible, Espiritus, Kid Carson e Energetic.

Numa inscrição ousada e repleta de sucesso por parte de Ronaldo Marins Lima, Gogo Boy confirmou, enfim, os exercícios – desde sempre – animadores, para conquistar a primeira vitória em 4 saídas. Relógios parados na marca de 1:13.12.

Mais notícias

EUA: Big Bend vence e Some In Tieme falha no Sycamore Stakes (gr.III)

Filho de Union Rags prevaleceu na melhor prova do dia, em Keeneland.

Ler na íntegra

Clubes pretendem a revogação da ordem que restabeleceu a IN 02/2009

A ABCPCC recebeu solicitação do Jockey Club Brasileiro, do Jockey Club do Paraná e do Jockey Club do Rio Grande do Sul para revogação da IN 02/2009 da ABCPCC.

Ler na íntegra

Ziska Blade, a melhor no Clássico Presidente Vicente Renato Paolillo

Filha do nacional Blade Prospector pertence ao Stud Gentil.

Ler na íntegra