29 ago 2020 | 17:49:16

Head Office confirma favoritismo, flerta com recorde e vai ao São Paulo

Corredor do Stud Alessio & Naela conquistou vitória autoritária no GP Criadores e Proprietários de Cavalos de Corrida de São Paulo (G3).

Head Office: carta brava no GP São Paulo

Imagem: Porfírio Menezes/Instagram

Neste sábado (29), no Jockey Club de São Paulo, produtos de 3 e mais anos disputaram o Grande Prêmio Criadores e Proprietários de Cavalos de Corrida de São Paulo (G3), em 2.400m na pista de grama (leve), prova teste para o GP São Paulo (G1) de outubro. Vitória do favorito Head Office, 4 anos, filho de Wild Event e Corticeira (Giant`s Causeway), de criação do Haras Santa Maria de Araras e propriedade do Stud Alessio & Naela.

Após a largada, Head Office e Filho de Campeão saíram, em briga, pela ponta. Trem Bala e Modigliani disputavam o terceiro, com Mary Jane completando o lote dos cinco primeiros.

Na reta oposta, o train seguiu sendo dos mais intensos. De Mary Jane, o quinto, até Noblesse You, o sexto, havia cerca de 10 corpos de diferença. Essa margem somente seria reduzida na curva, quando o pelotão de trás aproximou-se dos ponteiros – sempre com Filho de Campeão em primeiro e Head Office no segundo posto.

Filho de Campeão e Head Office desvencilharam-se daqueles que corriam em sua pegada, logo na abordagem da reta final. Na altura dos 300 finais, surgiu, em vistoso arremate, Rasgado de Birigui. O alazão chegou a dar fila de que, inclusive, ultrapassaria a dupla. Cem metros adiante, ao ser exigido por Valdir Souza, Head Office, porém, que já havia deixado Filho de Campeão para trás, também neutralizou, com sucesso, os avanços de Rasgado de Birigui.

Em demonstração de pura categoria, Head Office bateu Rasgado de Birigui por 3 corpos e ½. Noblesse You ficou com a terceira colocação. Filho de Campeão e Força completaram o marcador.

Depois, Trem Bala, Mañana Poderosa, Modigliani, Mary Jane e Orario Pubblico. Nauman não completou o percurso.

Treinado por Emerson Garcia, Head Office obteve a 4ª vitória (1ª clássica), em 8 saídas. Voltou a aproximar-se do recorde, de Quick Road (2:24.06), ao completar a milha e meia no tempo de 2:24.66, com finais de 23.81 e 11.89.

Mais notícias

Lepate Goose conquista novo êxito clássico, em São Paulo

Corredora do Haras Phillipson levou a melhor no GP Luiz Fernando Cirne Lima (gr.III)

Ler na íntegra

Em mensagem, Jorge Ricardo tranquiliza turfistas após acidente: “Estou bem”

Ídolo brasileiro sofreu grave queda no último sábado, em Palermo

Ler na íntegra

Troféu Mossoró 2019: Candidatos ao prêmio de Melhor Fundista

Votação (exclusiva para associados) até 30/7 às 17h pelo link https://abcpcc.com.br/votacao.

Ler na íntegra