25 dez 2017 | 16:42:35

Japão: Kitasan Black encerra campanha com chave de ouro no Arima Kinen (gr.I)

Um dos melhores animais do turge japonês nas últimas temporadas, filho de Black Tide obteve a vitória que lhe faltava. O jóquei, Yutaka Taka, voltou a brilhar dias após receber condecoração da Federação Internacional de Autoridades Hípicas.


Kitasan Black venceu de ponta a ponta: despedida em alto estilo

Imagem: Tokyo Times

Ontem (24), em Nakayama, produtos de 3 e mais anos competiram no Arima Kinen (gr.I), em 2.500m na pista de grama, com aproximadamente US$ 2,6 milhões de dotação. Em meio aos competidores estava Kitasan Black, uma das estrelas do turfe nipônico nas últimas temporadas e que cumpriria, no páreo, a última atuação de sua campanha. Num encerramento à altura de suas virtudes, o castanho escuro não decepcionou, vencendo de ponta a ponta.

Conduzido por Yutaka Take, Kitasan Black aproveitou a baliza dois, assumindo a liderança ainda nos primeiros lances do páreo. Dali não mais saiu, até o disco. Queen’s King (Manhattan Cafe) atropelou para formar a dupla, a 1 corpo e ½. Cheval Grand (Heart’s Cry), que vinha de derrotar Kitasan Black na Japan Cup (gr.I), teve de se contentar com a terceira posição – merecendo friso a reta de chegada algo atribulada enfrentada pelo alazão.

Treinado por Hisashi Shimizu, Kitasan Black deu os seguintes números finais ao seu retrospecto: 12 vitórias em 20 corridas. Aos 3 anos, destacou-se pela vitória obtida no Japanese St. Leger (gr.I). Aos 4, ratificou a condição de qualificado corredor ao conquistar a Japan Cup (gr.I) e o Tenno Sho – Spring (gr.I). Por fim, com 5, além de bisar o êxito no Tenno Sho – Spring (gr.I), venceu o Arima Kinen (gr.I), prova na qual havia finalizado em terceiro e segundo, nas temporadas anteriores.

Kitasan Black, que servirá, em 2018, na Shadai Stalion Station, assinalou 2:33.60 para a distância.

A vitória de Kitasan Black fez do final de 2017 algo ainda mais especial para Yutaka Take. No último dia 21, o bridão japonês recebeu condecoração, de honra ao mérito, entregue pela Federação Internacional de Autoridades Hípicas, em deferência às contribuições e à representatividade de Take para o turfe japonês.

Nascido em 1969, Take iniciou a carreira de jóquei em 1987. Dois anos mais tarde, venceu a primeira estatística no Japão e à exceção da temporada de 1991, venceu todas as estatísticas compreendidas entre 1989 e 1999. Com mais de 3.940 vitórias, sendo 322 em provas graduadas e 74 em páreos de G1, Take também se notabilizou como o jóquei de Deep Impact (Sunday Silence). Juntos eles venceram a tríplice coroa em 2005. Deep Impact, na sequencia, viria a se tornar um dos mais importantes reprodutores da criação japonesa.  

Mais notícias

Rennes: a melhor no Clássico Marcos Ribas de Faria (L)

Vencedora pertence ao Stud Inacianos.

Ficante supera Cônsul American em Cidade Jardim

Farda do Haras Basano brilhou na Prova Especial Comunidade Árabe.

Juno dá à luz filha de Animal Kingdom

Champion 2yo filly brasileira ganhou seu primeiro produto, no Kentucky.