24 fev 2017 | 16:57:51

Kinha reage contra Exhibition e levanta G2

Depois de flertar com distâncias mais reduzidas - incluindo provas em 1.000 metros -, Kinha, 3 anos, filha de Quick Road e Caribean Queen (Romarin), de criação de Beverly Hills Stud e propriedade do Stud Gentil, voltou aos percursos mais alentados para conseguir, nesse domingo (29), a sua primeira vitória clássica. Foi no Grande Prêmio Pres. Fábio da Silva Prado (gr.II), em 1.800m na grama, para éguas de 3 e mais anos, disputado nesse domingo (29) em São Paulo.


Kinha (por dentro) reage contra Exhibition e levanta sua primeira prova clássica
Imagem: Marília Lemos

Kinha foi para a vanguarda logo após a partida. Flanática (Pioneering) e Nhabega (Quick Road) disputavam emparelhadas a segunda colocação. Evian Royal (Amigoni), Second Time (Silent Times), Donna Di Dubai (Emirates To Dubai), Exhibition (Wild Event) e Mia Romana (Holy Roman Emperor) vinham depois.

Na altura dos 1.400 finais, Flanática definiu-se em segundo. Mais à frente, Flanática começou a apertar o passo para cima de Kinha. Na curva, havia menos de 1 corpo separando as duas competidoras, enquanto que Evian Royal progredia em terceiro. 

No ingresso à reta final, Flanática tentou, de pronto, atacar Kinha cujo jóquei, Ivaldo Santana, seguia de posição alta e sem fazer menção de exigir sua conduzida. Com Flanática sobrando, Santana somente procuraria por Kinha na seta dos 300 finais, que mantendo seu bom ritmo seguia liderando a competição. Na altura dos últimos 200 metros, porém, Exhibition apareceu em forte atropelada mais aberta, e parecia que Kinha não teria condições de lidar com o tropel.

Exhibition chegou, de fato, a dominar Kinha nos 100 finais. Mas Kinha, em reação até mesmo surpreendente, encampou um último sprint pela cerca interna, para voltar à briga nos lances decisivos. No galão derradeiro, Kinha tinha 1/2 cabeça sobre Exhibition. Flanática (3 e 1/4), Second Time (3 e 1/2) e Donna Di Dubai (4 e 1/4) completaram o marcador.

Nhabega, Evian Royal e Mia Romana chegaram depois.

Treinada por Alexandre Garcia, Kinha conquistou a sua terceira vitória em 14 corridas. Tempo de 1:50.25.

Mais notícias

Japão: depois de Kitasan Black, Copano Rickey despede-se das pistas com vitória em G1

Arenático de 7 anos venceu o Tokyo Daishoten (gr.I) antes de migrar para a sessão de reprodutores de Hokkaido Hidaka-Cho.

Jack Up, de ponta a ponta no GP Presidente Waldyr Prudente de Toledo (G3)

Corredor do Stud Galope conquistou batismo clássico.

Le Courtier conquista batismo clássico

Potro do Stud Nova República conquistou o Clássico Presidente Eduardo da Rocha Azevedo (L).