30 ago 2020 | 16:11:10

Mais Que Bonita impõe sua categoria no GP Duque de Caxias (G2)

Égua do Stud Eternamente Rio somou novo êxito à campanha.

Mais Que Bonita: exibição de categoria

Imagem: Sylvio Rondinelli/Divulgação JCB

Disputado, neste domingo (30), no Jockey Club Brasileiro, o Grande Prêmio Duque de Caxias (G2), em 2.000m na pista de grama (macia, com 6m de cerca móvel), revelou nova vitória de Mais Que Bonita, 4 anos, filha de Agnes Gold e Feia Que Dói (Scat Daddy), de criação e propriedade do Stud Eternamente Rio.

Olympic Dust e Mais Que Bonita tomaram a iniciativa, do ritmo do páreo, após a largada. A defensora do Haras Regina, no ingresso à reta oposta, fez questão da ponta. As duas abriram grande margem sobre as demais. North Bound, cerca de 10 corpos atrás de Mais Que Bonita, corria em terceiro. Gyoza e Olympic Jackie vinham depois.

Com o trio, que acionava na retaguarda, aproximando-se, durante a curva, o pelotão alcançou a reta final. Mais Que Bonita encampou ataque, para cima de Olympic Dust, enquanto, por fora de todas, Olympic Jackie desenrolava vistosa atropelada.

Faltando 300 metros para o disco, Mais Que Bonita tinha de lidar com as tentativas de reação de Olympic Dust, bem como precisava aparar o tropel de Olympic Jackie. Exigida por Henderson Fernandes, porém, Mais Que Bonita voltou a fazer sua valer sua enorme categoria.

Mantendo seu forte ritmo, até o disco, bateu Olympic Dust por 1 corpo e ½. Olympic Jackie foi a terceira e Gyoza a quarta. North Bound depois.

Treinada por Luis Esteves, Mais Que Bonita obteve a 7ª vitória (6ª clássica) em 11 corridas. Tempo de 2:03.64.

Mais notícias

Raf confirma favoritismo na Prova Especial Perlman

Tordilho pertence a Rodolpho Montanari Neto.

Ler na íntegra

Aristrocrática vence a Prova Especial Antonio Luiz Ferraz

Potranca de Alberto Juarez Tiellet Miorim demonstrou qualidades.

Ler na íntegra

Enable repete sucesso de Epsom no Irish Oaks (gr.I)

Potranca da Juddmonte Farms encantou pela facilidade do êxito obtido.

Ler na íntegra