27 set 2020 | 20:10:59

Na categoria de Alex Mota, Rei do Caviar vence a Prova Especial Much Better

Filho do nacional Dídimo, pertencente à Coudelaria Atafona, recebeu direção das mais inspiradas.

Rei do Caviar atropelou com sucesso

Imagem: Sylvio Rodinelli

Destinada a produtos de 3 e mais anos, a Prova Especial Much Better, em 2.000m na pista de grama (macia), foi disputada neste domingo (27), no Jockey Club Brasileiro. Vitória de Rei do Caviar, 4 anos, filho de Didimo e Maison du Caviar (Public Purse), de criação do Haras São Quirino e propriedade da Coudelaria Atafona.

Olympic Impeachment, sempre espontâneo, esfuziou na vanguarda. Coração Sureño corria na segunda colocação, com Mapa Mundi aparecendo em terceiro. Genou e American Reason completavam o lote dos cinco primeiros.

Rei do Caviar corria em sétimo, afastado e livre de qualquer briga. Sempre por dentro, ganhou preciosos metros, durante a curva.

Sem alterações consideráveis na disposição dos primeiros colocados, o pelotão ingressou na reta final. Mesmo tendo emplacado ritmo de intensidade, na primeira colocação, Olympic Impeachment custava em entregar os pontos. Coração Sureño, por sua vez, não deslanchava. Já Rei do Caviar, fazendo da cerca interna sua trilha, atropelava com apetite, pela baliza 1.

Arrancado para fora na hora certa, por Alex Mota, Rei do Caviar passou sem briga, por Olympic Impeachment, nos últimos 50 metros. Em vitória com a assinatura do talentoso bridão, derrotou Olympic Impeachment por ½ corpo. Coração Sureño foi o terceiro North Bound e Gotenks completaram o marcador.

A seguir, American Reason, Quick Feet, Mapa Mundi e Genou.

Treinado por Dulcino Guignoni, Rei do Caviar conquistou a 2ª vitória em 7 saídas. Tempo de 2:00.33.

Mais notícias

Etapa RJ do Leilão da Criação Nacional: resultados.

Ao todo R$ 2.659.000,00 foram movimentados no tattersall do Jockey Club Brasileiro.

Ler na íntegra

EUA: Some In Tieme volta a render bem e finaliza no terceiro lugar, em G3

Brasileiro foi à raia no John B. Connally Turf Cup Stakes (gr.III), vencido, pela terceira vez, por Bigger Picutre.

Ler na íntegra

Aos 28 anos, desaparece Mensageiro Alado

Um dos melhores velocistas do turfe brasileiro, em todos os tempos, Mensageiro Alado brilhou, também, na reprodução.

Ler na íntegra