20 jan 2018 | 21:35:59

Nevisk bate os mais velhos no GP Piratininga (gr.III)

Filho de Jeune-Turc, de Márcia Guidorzi Buffolo, conquistou batismo clássico.

Jeane Alves vibra com a vitória de Nevisk

Imagem: Marília Lemos

Uma das atrações da sabatina (20), em Cidade Jardim, o Grande Prêmio Piratininga (gr.III), em 1.600m na pista de areia, para produtos de 3 e mais anos, foi vencido por Nevisk, 3 anos, filho de Jeune-Turc e Jolie Camila (Golden Voyager), de criação do Haras Santa Camila e propriedade de Márcia Guidorzi Buffolo.

Nevisk tomou a ponta logo após a partida. Poseidon (Hard Buck) corria em segundo, deixando Um Sheik (Impression) em terceiro. A seguir, Ultra-Rápido (Refuse To Bend), Knight of Glory (Farenheit) e Horus (Silent Times).

Na cabeceira da curva, Um Sheik traçou a diagonal e passou a disputar, com Nevisk, a primeira posição. A dupla ingressou, emparelhada, na reta de chegada. Poseidon avançava, perigosamente, em terceiro.

Ao receber a partida de Jeane Alves, Nevisk resistiu às investidas adversárias, batendo Um Sheik por 1 corpo e ¾. Poseidon (4 e ½) ficou com a terceira posição. Ultra-Rápido (4 e ¾) e Knight of Glory (13 e ¼) encerraram o marcador.

A seguir, Horus.

Numa tarde perfeita do treinador Victorio Fornasaro (que já havia vencido provas importantes, no dia, com Olímpico e Marlon – ambos, aliás, irmãos de Nevisk), o ganhador conquistou a segunda vitória (primeira clássica) em 4 corridas. Tempo de 1:35.18, com finais de 24.32 e 12.85.

Mais notícias

Gávea: Bay Ovar assume a liderança entre as fêmeas

Potranca do Stud Best Friends venceu o Clássico Ministério da Agricultura (L), na segunda vitória da campanha.

Ler na íntegra

Leilão extraordinário de coberturas da ABCPCC via Whatsapp

Coberturas de 20 garanhões serão receberão lances até o dia 11 de julho, às 18 horas.

Ler na íntegra

Roman Rosso conquista o GP Longines Latinoamericano (gr.I). Leão de Prata forma a dupla

Derby winner argentino prevaleceu na versão 2018 do Latino. Em excelente corrida, formou a dupla Leão de Prata, com o também brasileiro, Olympic Harvard, finalizando em quarto.

Ler na íntegra