12 set 2020 | 16:12:03

Nhoquin: fundista de ótimos recursos, vence prova especial aos esbarros

Corredor do Haras Phillipson conquistou a Prova Especial Theotonio Piza Lara.

Nhoquin venceu com firmeza

Imagem: Porfírio Menezes/Divulgação JCSP

Neste sábado (12), em Cidade Jardim, produtos de 4 e mais anos disputaram a Prova Especial Theotonio Piza Lara, em 3.000m na pista de grama (leve). Vitória firme e fácil de Nhoquin, 4 anos, filho de T.H. Approval e Top Dodge (Dodge), de criação e propriedade do Haras Phillipson.

Sem surpresas, Nhoquin assumiu a ponta, logo após a largada. Mary Jane foi posicionado em segundo, próximo do ponteiro, com Mañana Poderosa e Bernardo Big Bear a seguir. O lote cruzou o disco, na primeira passagem, sob ritmo dos mais morosos.

Na reta oposta, quando Mary Jane “encostou” em Nhoquin, o jóquei deste, Ruberlei Viana, apurou seu conduzido, para que não perdesse a ponta – tampouco a baliza 1 – para o adversário. Na curva, tanto Nhoquin quanto Mary Jane traziam seus jóqueis fazendo as respectivas partidas, ao passo que Mañana Poderosa observava a briga, em terceiro, dando ótima impressão.

Com Mary Jane abdicando cedo da briga, Mañana Poderosa assumiu o controle dos ataques contra Nhoquin. Provando estar com o fôlego em dia, porém, o ponteiro manteve-se, com notável facilidade, na primeira colocação. Neutralizou, com sucesso, as investidas de Mañana Poderosa, a quem derrotou por 6 corpos e ¼. Mary Jane foi o terceiro. Depois, Bernardo Big Bear.

Treinado, em Campinas/SP, por Afonso Flório Barbosa, Nhoquin obteve a sua 4ª vitória em 14 saídas. Tempo de 3:10.000, com finais de 23.93 e 12.04.

Mais notícias

Cristal: Hedi e Nova Moleca candidatam-se às tríplices coroas juvenis

Série de disputas destinadas à geração 2016 teve início, na capital gaúcha. Produtos de Chá Inglês e Agnes Gold conquistaram os primeiros desafios.

Ler na íntegra

Tiger of Joy larga e acaba na Prova Especial Vicente Romano

De volta à raia de areia, velocista do Stud Fenômeno retomou o caminho das vitórias.

Ler na íntegra

De ponta a ponta, Tiro Ao Alvo vence o Clássico Eurico Solanés (L)

Com a farda do homenageado, defensor do Stud O Nacional conquistou batismo clássico.

Ler na íntegra