14 maio 2022 | 15:25:43

Oriana do Iguassu brinda turfistas com vitória de craque no GP ABCPCC (G1)

Velocista do Haras Rio Iguassu bateu o recorde da prova pertencente a Xabega e aproximou-se do recorde da distância, numa vitória estonteante.


Oriana do Iguassu: exibição de craque

Imagem: Porfírio Menezes/Divulgação JCSP

Maior favorita dentre todos os animais inscritos nas provas de graduação máxima do festival máximo paulista, Oriana do Iguassu, 3 anos, filha de Tiger Heart e Flying Trip (Trippi), produziu atuação de luxo no Grande Prêmio Associação Brasileira dos Criadores e Proprietários do Cavalo de Corrida (G1), em 1.000m na raia de grama (leve), para produtos de 3 e mais anos, disputado neste sábado (14), em Cidade Jardim.

Em sua terceira vitória de G1 em menos de 24 horas, o Haras Rio Iguassu (criador e proprietário da ganhadora) tornou-se tetracampeão do páreo, que antes havia vencido com Jeton de Luxo, Schweinsteiger e Amuleto.

Oriana do Iguassu “abriu luz” à frente dos adversários, assim que corridos os primeiros metros da disputa. Ela atingiu a seta dos 700 finais cerca de 4 corpos à frente de Vôo de Ícaro e Overath, que brigavam pela segunda colocação.

Sem que Valdinei Gil sequer precisasse exigir sua conduzida a fundo, Oriana do Iguassu manteve a grande margem que lhe separava dos demais animais: voltou a superar Vôo de Ícaro (padrão de regularidade e qualidade) por 4 corpos e ¾. Big Angel, numa excelente corrida, foi o terceiro. Overath completou a quadrifeta e Crisantemo finalizou em quinto.

Depois, Best Magee, Nantucket e Habeas.

Com 100% de aproveitamento nas provas de G1 disputadas até aqui, no festival máximo paulista, Antônio Oldoni (Curitiba/PR) é o treinador de Oriana de Iguassu, que segue invicta em “prados”, com 5 vitórias. Na sua 2ª vitória clássica, percorreu a distância 53.68 – o que se tornou o novo recorde da prova: melhorou a marca de Xábega (53.98), de 2006, e ficou próxima de bater o recorde da distância, que é compartilhado por Wenzel Blade e Sai de Baixo, na marca de 53.53.

Mais notícias

Dashing Court larga e acaba na final do Grande Prêmio Turfe Gaúcho

Filho do norte-americano Courtier pertence ao Haras Cima.

ABCPCC informa: melhorias na ferramenta de pesquisa do website

Banco de dados e sistemas de busca vêm sendo aprimorados para render maior praticidade e facilidades nas pesquisas de campanha e pedigree.

Cristal: Hedera D’Anafer e Point Lobos brilharam no “repique” do Bento

Na reunião pós Grande Prêmio Bento Gonçalves, duas provas da chamada principal do Cristal foram disputadas, com vitórias de Hedera D’Anafer e Point Lobos.