18 jul 2021 | 17:27:49

Osprey resiste a George Washington no GP Dezesseis de Julho (G2)

Filho do nacional Gober será cartada do Stud Red Rafa no GP Brasil de agosto.

Osprey: próxima parada, Grande Prêmio Brasil

Imagem: Sylvio Rondinelli/Divulgação JCB

Preparatória do GP Brasil (G1), o Grande Prêmio Dezesseis de Julho (G2), em 2.400m na pista de grama (leve, com 2m de cerca móvel), foi disputado, neste domingo (18), no Hipódromo da Gávea. Venceu Osprey, 4 anos, filho do nacional Gober e Intimidating (Siphon), de criação e propriedade do Stud Red Rafa.

No pulo de largada, Osprey apresentou-se à primeira colocação. Não demorou, porém, para que Olympic Justin e Ricky Ricardo, componentes das duas parelhas existentes na prova, também buscassem a dianteira. A dupla, que já carregava sobre Osprey na diminuta reta da direita, atacou, de fato, o ponteiro, nos primeiros lances da reta oposta.

Indigo Guerreiro corria em quarto e Deep End em quinto.

Na altura dos 1.400 metros, Carlos Lavor deu uma alça em Osprey, permitindo que Olympic Justin se definisse na ponta. De trás, notava-se a evolução do grande favorito, George Washington (componente da parelha 1, com Olympic Justin).

Na reta final, Osprey logo voltou a carga para cima de Olympic Justin. Rente à cerca, infiltrava-se Indigo Guerrero. Or Noir e George Washington também “cresciam”, por fora.

Faltando 400 metros para o disco, Osprey tomou a ponta, em definitivo, e correu para a cerca. Na sua perseguição, mais adiante, destacou-se George Washington. A dupla, nos 200 finais, digladiou-se pela primeira colocação.

Em demonstração de categoria e qualidade, Osprey resistiu aos avanços do gabaritado oponente, a quem derrotou por ¾ de corpo. Indigo Guerreiro, em ótima corrida, foi o terceiro. Or Noir e Olympic Impact completaram o marcador.

Ricky Ricardo, Rasgado de Birigui, Deep End e Olympic Justin chegaram depois.

Roberto Solanés enviou Osprey em excelente forma para que o castanho obtivesse sua 3ª vitória (1ª clássica) em 6 saídas. Tempo de 2:26.53.

Mais notícias

Pegasus Brasil: corredores serão apresentados ao público nesta quarta-feira

Transmissão será realizada pelo canal do Jockey Club do Paraná, no Youtube.

Ler na íntegra

Siphon: um marco do PSI brasileiro

Desaparecido, aos 28 anos, alçou o cavalo de corrida brasileiro a voos, até então, inimagináveis – tão inimagináveis, quanto seu pai: Itajara.

Ler na íntegra

Líder invicta, Fast Jet Court comanda dobrada do Haras Cima em G3

Filha do norte-americano Courtier venceu o GP Presidente José Antonio Pamplona de Andrade (G3).

Ler na íntegra