08 dez 2019 | 21:46:41

Pelo segundo ano consecutivo, Little Bad Girl vence o GP Oswaldo Aranha (gr.II)

Filha de Agnes Gold fez brilhar o Haras Figueira do Lago.

Little Bad Girl superou Perigoosa na milha e meia.

Imagem: Sylvio Rondinelli/Divulgação JCB

Neste domingo (8), no Jockey Club Brasileiro, éguas de 3 e mais anos disputaram o Grande Prêmio Oswaldo Aranha (gr.II), em 2.400m na pista de grama (pesada, com 9m de cerca móvel). Repetindo a vitória obtida, no mesmo páreo, em 2018, brilhou Little Bad Girl, 4 anos, filha de Agnes Gold e Wild Moon (Wild Event), de criação e propriedade do Haras Figueira do Lago.

Human Nature propôs o ritmo da prova. Hanna Gold, uma das mais novas, fazia a sua escolta. Ao final da reta oposta, Human Nature desgarrou, perdendo terreno. Nisso, Hanna Gold assumiu a ponta, passando a ser acossada por Per-Piacere. Little Bad Girl era a quinta, pelos paus.

Logo nos primeiros lances da reta final, Perigoosa e Little Bad Girl avançaram sobre as ponteiras, a quem dominaram, com facilidade. A dupla passou, então, a disputar a primeira colocação. Na insistência de Vagner Borges, Little Bad Girl superou Perigoosa nos últimos 150 metros, derrotando a oponente por 1 corpo e ½. Be Better foi a terceira. Kassie’s Angel e Per-Piacere completaram o marcador.

Depois, Kate Flying, Hanna Gold, Energia Espacial e Human Nature.

Treinada por Dulcino Guignoni, Little Bad Girl passa a somar 6 vitórias (duas clássicas) em 16 saídas. Tempo de 2:32.02.

Mais notícias

Avassalador, Halston vence o GP JCSP e mira a tríplice coroa

Fase do ouro do Haras Cifra voltou a vir à tona por ocasião do Grande Prêmio Jockey Club de São Paulo – Basecim/Cimencal (gr.I). Halston encabeçou trifeta de produtos do nacional Setembro Chove.

Ler na íntegra

Argentina Vale Dori vence seu primeiro G1 nos Estados Unidos

Filha do também argentino Asiatic Boy levantou o Santa Margarita Stakes (gr.I)

Ler na íntegra

EUA: Vettori Kin brilha no Louisville Handicap (gr.III)

Corredor do Haras Old Friends, Stud TNT & Fern Circle Stables conquistou o Louisville Handicap (gr.III). Some In Tieme finalizou no quarto posto.

Ler na íntegra