05 mar 2024 | 18:39:45

Profissionais brasileiros no exterior, por Fábio Zerbini (84ª edição)


Lavor brilhou no dorso do belo tordilho, Olimpo MT.

Imagem: Invasor Horse (Instagram)

URUGUAI


CARLOS LAVOR:
Brilhando na disputa do Gran Premio General Artigas (G2), o brasileiro deu um show na condução no belo tordilho Olimpo MT, um T. H. Approval do Haras Phillipson, que bateu seu companheiro de farda e favorito da competição, o ótimo Pluto. Completaram o marcador, na sequência, os brasileiros Eclipse Award, Mapa Mundi e Don Musa. Agora com 7 conquistas, no ano, Lavor ocupa a nona colocação nas estatísticas.   



DUBAI


SANDRO PAIVA: Comprovando que os brasileiros, realmente, fazem a diferença, na hora da verdade, Paiva marcou mais um importante ponto, na temporada. Em um final de tirar o fôlego, na abertura da reunião do último dia 3, no hipódromo de Al Ain, o brasileiro foi responsável pela condução de Nassif, que bateu Waheed, por focinho. Agora com 15 primeiros lugares (esta é a sua melhor temporada em Dubai), Sandro segue motivado para melhorar, ainda mais, a sua marca.


BERNARDO PINHEIRO: Melhor colocado dentre os jóqueis brasileiros, que atuam em Dubai, Bernardo segue na terceira colocação nas estatísticas. Lutando, palmo a palmo, contra seus companheiros e rivais, o brasileiro busca seu melhor ano nos hipódromos dos Emirados Árabes.

Com duas conquistas na semana, Bernardo soma 29 triunfos.

Capla Cruzander, em Jebel Ali, e Harron, no hipódromo de Abu Dhabi (vídeo abaixo), foram os animais vencedores do brasileiro.


MARCELINO RODRIGUES: Iniciando o mês de março com o pé direito, Rodrigues deu show, no hipódromo de Jebel Ali, ao vencer as duas primeiras disputas do dia.

Segunda monta do treinador Ernst Oertel, o brasileiro vem aproveitando muito bem as oportunidades recebidas e, na primeira disputa do dia 1º, foi responsável pela condução de Af Kal Noor, preterido pelo multicampeão Tadhg O’Shea. Marcelino lançou seu conduzido à frente do lote, para ditar o ritmo da prova. Após brigar com a tropa de choque, resistiu às atropeladas daqueles que correram acomodados, vencendo linda disputa.


MENÇÃO HONROSA: WILLIAM BUICK - Mesmo não se tratando de um jóquei brasileiro, merece destaque a atuação do britânico William Buick, no dorso da invicta Cinderella’s Dream (filha de Shamardal, em mãe Dubawi), que pertence à Godolphin e impressionou a todos pela forma como bateu suas rivais, nos 1000 Guinéus de Dubai.

Na disputa, até próximo à entrada da reta, estava "tudo tranquilo". Aí, então, que, “pedindo rédeas” a Buick, Cinderella's Dream teve que ser sofreada pelo seu jóquei - momento em que o selim “correu” para frente e obrigou Buick a destribar. Mesmo com as pernas suspensas, Buick manteve o ritmo de Cinderella’s Dream que, apesar de todo o problema, livrou 5 corpos de diferença e despachou as rivais, em uma conquista impressionante, digna de craque.



ESTADOS UNIDOS


LUAN MACHADO: Líder do meeting, em Turfway Park, Luan viveu mais uma semana vitoriosa e conduziu 4 vencedores nas reuniões da última semana. O piloto agora conta com 40 triunfos no ano e também está entre os maiores vencedores, de 2024, nos Estados Unidos.

Abaixo, acompanhe a vitória do brasileiro pilotando o favorito No No Joe, na oitava disputa do último dia 2.


THIAGO CANUTO: Também atuando no hipódromo de Turfway Park, o brasileiro deu excelente direção a Dr. Bella, na abertura da reunião do último dia 29. Vindo das últimas colocações, aproveitou o percurso, por dentro, ganhando precioso terreno e atropelando para vencer linda disputa (com uma pule de 9 por 1, bateu a favorita da competição, Miss Getty Up).



SINGAPURA


BRUNO QUEIROZ: Com mais um hat trick, em Kranji, nosso Bruninho continua a colocar lenha na fogueira e, cada dia mais, aumenta a temperatura da briga pelas estatísticas de Singapura. Com as três conquistas, na última semana, o brasileiro voltou a se igualar com o "mestre" Manoel Nunes, na liderança da estatística.

CARLOS HENRIQUE: Além dos citados, nessa última semana tivemos a estreia, em Singapura, de Carlos Henrique. O piloto conquistou ótimas colocações, tendo sido a sua melhor apresentação um segundo lugar, com Windfall, na terceira prova do dia 2. O páreo foi vencido por Summer Wind, uma das montarias vitoriosas de Bruno Queiroz, na reunião (vídeo abaixo).


MANOEL NUNES: Como de hábito, Nunes segue pontuando em Kranji. Na última semana, o bridão foi para a foto da vitória na quarta disputa do dia 2, a bordo de Eruption, que contou com ótima largada, mandando-se para a ponta e não mais sendo alcançado pelos oponentes.


por Fábio Zerbini

Mais notícias

Knowledge prevalece na Prova Especial João Vieira

Corredor do Stud Nacional superou os mais visados no principal embate da tarde, na Gávea.

Love: retorno grandioso da campeã

Principal estrela do Royal Ascot 2021, craque da Coolmore reapareceu com vitória no Prince of Wales’s Stakes (G1).

Olympic Jhonsnow mantém hegemonia do Haras Regina no GP Presidente da República

Filho de Agnes Gold rendeu à farda rubro-negra sua 7ª vitória, na história do páreo.